Pesquise neste Blog

domingo, 20 de dezembro de 2009

A Sala da Capela - 1ª Edição Vivaldo Coaracy Revolução Constitucionalista de 1932







A Sala da Capela - 1ª Edição

Vivaldo Coaracy

editora: José Olympio

ano: 1933

descrição: 1ª edição. Encadernação original brochura, Livro em bom estado de conservação, leve desgaste na parte baixa da lombada, vide imagem, obra sobre a Revolução Constitucionalista de 1932 dada em São Paulo. 221 pp.

Memórias do autor sobre a Revolução de 32.

Este livro foi escrito no exilio, nos dias amargos, longos e vazios que se seguiram ao desfecho repentino da guerra constitucionalista, movida por São Paulo contra o regimen ditatorial.





A SALA DA CAPELA! ... Essas palavras me trazem sempre à lembrança episódios dos mais remotos da minha existência: minha mãe me levava pela mão até a frente de um grande portão de ferro, onde um homem fardado, lá dentro, atendia, recebendo dela alguns documentos. Enquanto esperávamos, eu me distraía com o que podia ver, à altura de meus olhos, através do portão: um muro alto, branco, cuja base era bordejada por um estreito canteiro, onde um homem, de macacão azul, gorro na cabeça, remexia umas plantinhas. Quando finalmente o homem fardado voltava e nos admitia, abrindo o portão, o homem de macacão azul se aproximava de mim, um sorriso desdentado na grande cara vermelha, e me oferecia um raminho de violetas, que acabara de colher, porque tinha muita pena daquela menina pequenina que estava ali para visitar o pai, preso, político, retido no setor "Sala da Capela" daquela cadeia, com os companheiros de 1932... Eu tinha quatro anos de idade...

Para mim, até hoje, a "Sala da Capela" é simbolizada por um ramo de violetas...


Vivaldo Coaracy (Rio de Janeiro, 25 de novembro de 1882 - 13 de junho de 1967) foi um engenheiro, jornalista e escritor.

Filho de José Alves Visconti Coaracy e de Corina Alberta de Vivaldi Coaracy, perdeu os pais aos 10 anos, sendo matriculado no Seminário São José. Depois passou ao Internato do Ginásio Nacional, nome que então tinha o atual Colégio Pedro II, e depois para a Escola Militar, da qual foi expulso por ocasião da revolta da Praia Vermelha promovida por Lauro Sodré. Iniciou carreira na imprensa, entrando para a redação da Cidade do Rio, jornal de José do Patrocínio. Mudou-se para o Rio Grande do Sul, mas continuou na imprensa, trabalhando em jornais de Porto Alegre.

Concluiu em 1911 o curso de engenheiro mecânico-eletricista na Escola de Engenharia de Porto Alegre, passando dois anos nos Estados Unidos da América em especialização. Lecionou depois na mesma Escola de Engenharia e foi posteriormente diretor de seu Instituto de Eletro-Técnica. Abandonou tal profissão em 1926 e voltou ao jornalismo, ingressando no jornal O Estado de S. Paulo.

Exilando-se em Portugal por ter tomado parte na Revolução Constitucionalista de 1932, escreveu em Lisboa "A Sala da Capela". Regressando do exílio, nomeado diretor da sucursal do jornal no Rio de Janeiro, afastou-se do cargo em 1941, quando o jornal foi confiscado pelo então interventor em São Paulo.

Colaborou no Jornal do Comércio do Rio de Janeiro e na Folha da Manhã, de São Paulo. Em 1945, se recolheu à ilha de Paquetá, onde passou a viver até sua morte em 1967.


Obra * A Rampa (romance) * Frida Meyer (romance) * Problemas Nacionais * O Rio de Janeiro no século 17 * Memórias da cidade do Rio de Janeiro * Todos contam sua vida * Paquetá (Imagens de ontem e de hoje)


Temos um vasto acervo sobre a bibliografia temática dessa área.


Envio em até 24 horas após a confirmação de pagamento com confirmação via e-mail e número de postagem para acompanhamento da entrega.

Toda postagem pode ser rastreada pelo site dos Correios.

Todos os pedidos são enviados com seguro.

CASO HAJA INTERESSE NESSE LIVRO OU EM NOSSO SERVIÇO, ENVIE UM E-MAIL PARA

philolibrorum@yahoo.com.br


Esta Página visa contribuir, com a localização de livros escassos, aos estudiosos das diversas ciências e áreas de estudo ou mesmo hobbies. Sobretudo as publicações já fora de comércio, antigas, esgotadas. Vendemos via Mercadolivre. Visite alguns de nossos livros anunciados em nosso e-shop, em: http://eshops.mercadolivre.com.br/philolibrorum

Nenhum comentário:

Postar um comentário