Pesquise neste Blog

sábado, 1 de junho de 2013

Fronteiras Interestaduais Questões de limite Entre Espírito Santo e Minas Gerais Dr. F Mendes Pimentel. I - Exposição - Bello Horizonte - Imprensa Official de Minas Geraes - 223 pgs. 1914 II - Anexos - Bello Horizonte - Imprensa Official de Minas Geraes - 235 pgs. 1914 III - Sentença Arbitral - 1915 - Rio de Janeiro, Typographia do Comercio, 72 pgs.












Fronteiras Interestaduais - Questões de limite Entre Espírito Santo e Minas Gerais - Tribunal Arbitral

Memória do Estado de Minas Gerais pelo seu Advogado - Dr. F Mendes Pimentel.


A obra está completa encadernando os três seguintes volumes,

I - Exposição  - Bello Horizonte - Imprensa Official de Minas Geraes - 223 pgs. 1914


II - Anexos - Bello Horizonte - Imprensa Official de Minas Geraes - 235 pgs. 1914


III - Sentença Arbitral  - 1915  - Rio de Janeiro, Typographia do Comercio, De Rodrigues & Co. - 72 pgs.


Livro usado em bom estado geral, encadernação antiga, capa dura em couro porém com bastante perda, sugerimos ao novo dono que faça uma reencadernação haja vista a importância da obra, com alguns furos sobretudo na parte final do livro, na "Setença", vide imagens, escasso, não perca, saiba mais ...

Com páginas desdobráveis, com mapas, ilustrações.

Por ocasião do chamado 'contestado' entre Minas e Espirito Santo houve registros de inestimável precisão técnico-cientifica, com a participação de renomados geógrafos de ambos os lados da fronteira, como o capixaba Cícero de Moraes e o mineiro Francisco Mendes Pimentel, nos legaram obras de grande valor histórico, das quais destacamos, respectivamente, "As questões de limites que o Espírito Santo sustentou." e "Fronteiras interestaduais. Questão de limites entre o Espírito Santo e Minas Gerais.",  ambas tidas como peças preciosas integrantes dos acervos de Institutos históricos e geográficos brasileiros, e largamente utilizadas para a pesquisa acadêmica ...


Temos um vasto acervo sobre essa bibliografia temática.

Diga-nos quais você precisa e lhe daremos a resposta.  


Formas de Pagamento:  

Cartões de Crédito e Boleto Bancário (via Mercadopago ou Pay Pal)   

Depósito Bancário: Banco do Brasil  e CEF 

Ao optar por essa forma de pagamento, você receberá um e-mail informando-lhe os dados bancários.  

Pedidos Internacionais :     Paypal  e   Western Union.  

Poderemos estudar outra forma de pagamento, sempre em comum acordo.


Entrega:  

O livro será enviado assim que o pagamento for confirmado  com confirmação via e-mail e número de postagem para rastreamento da entrega, e chegará ao seu destino dentro de 3 a 7 dias úteis, de acordo com a região do Brasil.  
  
Todos os pedidos são enviados com seguro.  


CASO HAJA INTERESSE NESSE LIVRO OU EM NOSSO SERVIÇO, ENVIE UM E-MAIL PARA 
philolibrorum@yahoo.com.br

 

Alguns títulos de da área, caso haja interesse, contacte-nos que diremos sobre disponibilidade, preço e condições.





AGUIAR, Wilson. Um novo “Contestado” entre Minas e Espírito Santo? O Cruzeiro, [Rio de Janeiro], n. 8, p. 12-18, maio 1948. 

ALEIXO, Alceu. As fronteiras do Espírito Santo com Minas Gerai: o laudo do Serviço Geográfico do Exército em face do artigo 184 da constituição de 1937. [S.l: s.n.], 1958. 

 ANDRADE, Darci Bessone de Oliveira; OLIVEIRA, Antonio Gonçalves de. As questões de limites com o Estado do Espírito Santo: (ao norte do rio Doce). Belo Horizonte: Imprensa Oficial, 1958. v. 3. 

 BARBOSA, José Geraldo Leite. Aspectos policiais de Mantena. Zona do Contestado. Belo Horizonte: [s.n.], 1958. 



BARRETO, Carlos Xavier Paes. Questão de limites. Revista do IHGES, n. 7, 1934. 

BARRETO, Carlos Xavier Paes. Questões de limites. Minas-Espírito Santo. Sociedade de Artes Gráficas. Vitória. 1915. 

 BITTENCOURT, Gabriel. A formação econômica do Espírito Santo. Rio de Janeiro: Cátedra, 1987.


BORGO, Ivan; ROSA, Lea Brígida Rocha de Alvarenga; PACHECO, Renato. Norte do Espírito Santo: ciclo madeireiro e povoamento. Vitória: Edufes, 1996. 
 
  ESPÍRITO SANTO (Estado). Limites: Espírito Santo x Minas Gerais. Vitória, [1938?]. 

DEMONER, Sonia Maria. A polícia militar no Espírito Santo. Vitória: [s.n.], 1985. 






 ESPÍRITO SANTO (Estado). Limites dos estados de Minas Geraes e do Espírito Santo: exposição de motivos e documentos pelo Estado do Espírito Santo. Rio de Janeiro: Typ. do Jornal do Commercio, 1905. 


ESPÍRITO SANTO (Estado). Limites: Espírito Santo – Minas Gerais. Vitória: Imprensa Oficial, 1946a.


  
MINAS GERAIS. A questão de limites com o estado do Espírito Santo (ao Norte do Rio Doce). Belo Horizonte: Imprensa Oficial, 1949. v. 1, 2. 

 
MORAES, Cícero. As questões de limites que o Espírito Santo sustentou. Vitória: Real Gráfica, 1971. 

MORAES, Cícero. Como nasceram cidades no Espírito Santo. Vitória: [s.n.] 1954. 

MORAES, Cícero. Limites do Espírito Santo. Vitória: [s.n.], 1939.



NOVAES, Henrique de. Os limites entre os estados de Minas Gerais e Espírito Santo, ao norte do rio Doce. A Gazeta, Vitória, p. 5-6, 22 set. 1946. 


OLIVEIRA, José Teixeira de. História do estado do Espírito Santo. 2. ed. Vitória, 1975. 

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL, Seccional do Estado do Espírito Santo. Limites entre os estados do Espírito Santo e Minas Gerais. Imprensa Oficial do Estado. Vitória. 1946. 



MOREIRA, Thais Helena Leite. História e geografia do Espírito Santo. Vitória: Gráfica Sodré, 2004. 

PIMENTEL, Francisco Mendes. Fronteiras interestaduais. Questão de limites entre o Espírito Santo e Minas Gerais. Imprensa Oficial do Estado de Minas Gerais, 1914. 

ROCHA, Gilda. Imigração Estrangeira no Espírito Santo. 1847-1896. Vitória. 2000. 






SEGURA contestação às notícias sôbre episódios do contestado. A GAZETA, Vitória, p. 1, 20 set. 1960. 

SOARES, Asdrubal. Discurso do sr. Representante Asdrubal Soares, proferido na sessão do dia 25 de junho de 1946. In: ESPÍRITO SANTO (Estado). Limites Espírito Santo – Minas Gerais. Vitória: Imprensa Oficial, 1946. 

   VILAÇA, Adilson. Aventura no Contestado. Os últimos forasteiros. Uma colonização que começou pela porta dos fundos. In Século n. 22. Dezembro de 2001. 

VILAÇA, Adilson. Cotaxé. Vitória: SEJUC/SPDC/ISNJN, 1997. 

 .









Nenhum comentário:

Postar um comentário