Pesquise neste Blog

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

The Push Pin Style Studios Communication Arts Magazine 1970 história artes comunicação design tipografia etc Includes work by John Alcorn, Sam Antupit, Vincent Ceci, Seymour Chwast, Paul Davis, Loring Eutemy, Norman Green, Milton Glaser, Jerry Joyner, George Leavitt, Herb Levitt, Tim Lewis, James McMullan, Jason McWhorter, Reynold Ruffins, Cosmos Sarchiapone, Isadore Seltzer, Jerry Smokler, Edward Sorel and Barry Zaid.







The Push Pin Style

Henry Wolf and Jerome Snyder - The Push Pin Studios

editora: Communication Arts Magazine

ano: 1970

Livro em bom estado de conservação.


Henry Wolf (Foreward) and Jerome Snyder (Introduction): THE PUSH PIN STYLE. Palo Alto: Communication Arts, 1970. First edition. Text in French and English. A fine softcover book in stiff, printed wrappers. Out-of-print.

8 x 9 perfect-bound softcover book with pages and work examples illustrated with black and white and color from this legendary design studio.

A catalogue of the comprehensive exhibition of design and illustration by present and former members of Push Pin Studios for the Musee Des Arts Decoratifs Exhibit - March 18 to May 18, 1970.

Includes work by John Alcorn, Sam Antupit, Vincent Ceci, Seymour Chwast, Paul Davis, Loring Eutemy, Norman Green, Milton Glaser, Jerry Joyner, George Leavitt, Herb Levitt, Tim Lewis, James McMullan, Jason McWhorter, Reynold Ruffins, Cosmos Sarchiapone, Isadore Seltzer, Jerry Smokler, Edward Sorel and Barry Zaid.

Contents include:

* Poster Design * Advertising/Promotion Design * Editorial Design
* Record Jacket Design * Book Design * Book Jacket Design
* Type Face Design * Architectural Design * Advertising/Promotion Illustrations
* Book/Magazine Illustrations * Unpublished Illustration * Push Pin Graphic
* Push Pin Studio Biographies


Em 1954, Milton Glaser, Seymour Chwast, Reyonld Ruffins e Edward Sorel, fundaram o Push Pin Studios. Por vinte anos Glaser e Chwast dirigiram o Push Pin, um referêncial que guiava o mundo do design gráfico.

Naquela época o racionalismo do Estilo Internacional suiço, muitas vezes limitador e elitísta, dominava o mercado do design gráfico. O "Push Pin Style" não se prendia apenas ao que era considerado o "bom design", com um estilo excêntrico muitas vezes inspirado na estética do século XIX e nas tendências da cultura pop, consideradas decadentes. Cria, dessa forma, uma linguagem contemporânea, compatível com um design pós-moderno. No Push Pin foram projetados produtos como capas de disco, livros, cartazes, identidades visuais, tipografias originais e Revistas.


Milton Glaser (Nova Iorque) é um prestigiado designer gráfico norte-americano, conhecido pela campanha «I love NY». Influenciou fortemente toda uma geração de ilustradores e art directors....

Glaser estudou na Cooper Union entre 1948 e 1951 e continuou sua formação na Academia de Belas Artes de Bolonha com o pintor Giorgio Morandi.

Em 1954, Glaser, junto com Reyonld Ruffins, Seymour Chwast e Edward Sorel, fundaram os Pushpin Studios.

Durante vinte anos Glaser e Chwast dirigiram o Push Pin, uma referência que guiava o mundo design gráfico. Em 1974 Glaser montou o seu próprio escritório.

Fez posters, revistas, design de jornais, design de interiores, logotipos, discos, ilustrações para revista e jornal, tipografia, desenhos, aquarelas, material impresso, brinquedos.

Seu trabalho é fortemente caracterizado por ilustrações feitas à mão, tendo um estilo muito ecléctico. A sua arte foi mais ornamentada e virtuosa do início, passou para uma concepção mais redutiva, simples, forte e directa — reflexo da sua maturidade.

Ao longo da sua carreira, Glaser teve um grande impacto na ilustração e design gráfico contemporâneo. Foi a grande figura de referência para os designers da sua geração; hoje, quase nuinguém o conhece...

Com o distanciamento que hojé é possível, podemos fazer uma avaliação critica da enorme produção gráfica de Glaser: uma série de obras excelentes misturam-se com produções de baixa qualidade, onde o kitsch e o facilismo dominam.

Este desnivel deve-se ao facto de Glaser ter tido uma abordagem muito eclética ao seu trabalho, constantemente variando de estilos e de atitudes...

No Brasil em 1995, a empresa de design WBMG, de Walter Bernard & Milton Glaser, foi contractada para a reformulação gráfica do jornal O Globo.
Push Pin Style

O Push Pin Style tornou-se uma referência do design gráfico. Nos anos 60, o estéril Estilo Internacional suiço, muitas vezes limitador e elitista, dominava o mercado do design gráfico.

O Push Pin Style não se prendia apenas ao que era considerado o "bom design", com um estilo excêntrico muitas vezes inspirado na estética do século XIX e nas tendências da cultura pop.

Criou uma linguagem contemporânea, compatível com um design pós-moderno. No Push Pin foram projectados capas de disco, livros, cartazes, identidades visuais, tipografias originais e Revistas.


Temos um vasto acervo sobre a bibliografia temática dessa área, saiba mais ...


Caso haja interesse em alguns dos nossos livros, ou em outro que não se encontre cadastrados ainda, pergunte-nos.


Envio em até 24 horas após a confirmação de pagamento com confirmação via e-mail e número de postagem para acompanhamento da entrega.

Toda postagem pode ser rastreada pelo site dos Correios.

Todos os pedidos são enviados com seguro.

CASO HAJA INTERESSE NESSE LIVRO OU EM NOSSO SERVIÇO, ENVIE UM E-MAIL PARA

philolibrorum@yahoo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário