Pesquise neste Blog

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Reflexões Sobre os Caminhos do Livro Unesco Bibliofilia Bibliofilos Livreiros Livros Gerd BORNHEIM Rouanet etc



Reflexões Sobre os Caminhos do Livro

Eduardo Portella

editora: Unesco moderna

ano: 2003

descrição: Brochura em ótimo estado, coda41, capa brochura original, escasso, não perca.


Não se deve censurar a Web pelo pouco interesse que manifestamos relativamente à exploração do passado ou ao conhecimento do mundo em que vivemos. Sua virtude consiste na brevidade e multiplicidade das informações transmitidas; nesse caso, não pode fornecer-nos também a concentração e a profundidade.

Ensaios de pensadores do mundo inteiro acerca dos novos rumos do livro. Diz Eduardo Portella na introdução: "A história do livro não pode ser, de modo algum, a crônica de uma morte anunciada. Deixemos de lado, portanto, a ilusão fundamentalista, a crença na relíquia tombada, bem como a antevisão apocalíptica.


Num mundo multifacetado qual será o futuro do livro? De um lado temos sociedades pós-modernas altamente complexas, que contrapõem espaços real e virtual, montando sofisticadas teias de comunicação e gerando verdadeira pletora de dados e informações, que desafiam a capacidade de assimilação de indivíduos e grupos. Disso resulta que o livro pode parecer uma coisa do passado, uma reminiscência renascentista, vestida posteriormente por uma roupagem da Revolução Industrial. Como conseqüência, a alfabetização deixa de ser um velho processo de aprender a ler e escrever e passa e envolver diversas linguagens, combinando a palavra, o número e as imagens numa multiplicidade de meios.


“Atualmente, parece que as coisas estão tomando outros rumos. Convém reconhecer que, apesar da desmedida de todas as paixões, seria insensato pretender que o livro devesse constituir-se em uma realidade eterna e estável. Em 2000, na Feira do Livro em Frankfurt, considerada a manifestação mais importante do universo das letras, surgiu de repente a grande novidade: o primeiro exemplar, fartamente premiado, de um livro eletrônico. Não é muito difícil imaginar o que a novidade possa vir a significar. Na era da tecnologia, os progressos revelam-se irreversíveis.”

Textos de :

BORNHEIM, Gerd. A propósito da história de uma vida.

Sérgio Paulo Rouanet. Do fim da cultura ao fim do livro

Nenhum comentário:

Postar um comentário