Pesquise neste Blog

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Introdução a Heidegger Gianni Vattimo Edições 70



Introdução a Heidegger
Gianni Vattimo 
Edições 70



livro em bom estado, escassa edição, com 198 pgs., não perca saiba mais...

Esta obra constitui um amplo capítulo da história da filosofia, dedicado a Heidegger e ao seu pensamento. 
Uma obra onde o autor nos oferece os argumentos críticos essenciais para compreender a obra do filósofo à luz da mais recente perspectiva historiográfica. 

Neste livro, simples e acessível, o autor revisita toda a obra de Heidegger analisando-a de forma sucinta e introdutória para que o trabalho do maior filósofo do século XX, de uma forma simples, fique ao alcance de todos.



Vattimo demonstra como, pouco a pouco, foi se delineando no pensamento do Heidegger pós Ser e tempo, o solo que propiciou a descoberta posterior de um vínculo entre metafísica, ser e esquecimento. 

Em O que é a metafísica?, de 1929, a metafísica ainda é concebida positivamente, como enraizada na própria estrutura ontológica pro-jetiva do ser-aí, que só pode visar o ente na medida em que sempre o ultra-passa por meio de sua compreensão constitutiva do ser.


No entanto, a partir de Introdução à metafísica, de 1935, a metafísica será identificada negativamente, como o pensamento que, ao colocar a questão do ser, reduz o ser a um ente primeiro ou supremo, esquecendo a exigência de voltar a interrogar o sentido do ser. 


A compreensão dessa mutação na avaliação heideggeriana da metafísica depende da radicalização de algumas descobertas já presentes em Ser e tempo, mas que ganham contornos mais explícitos no ensaio Sobre a essência da verdade, de 1930.



 

“O ocultamento é mais originário porque... só devido a ele os entes singulares podem manifestar-se em primeiro plano e aparecer na verdade”


Ora, é justamente esse ocultamento mais originário e possibilitador de toda verdade ôntica aquilo de que o ser-aí inautêntico se esquece, por já estar sempre lançado numa abertura histórica determinada, na qual os entes se lhe mostram ou se lhe ocultam. 

Assim, a inautenticidade do ser-aí, já sempre lançado na decadência da publicidade cotidiana, também encontra seu fundamento na essência da verdade, que traz consigo, de maneira constitutiva, o ocultamento como possibilitador da abertura, aspecto de que ele se esquece.


“A metafísica é, pois, história do ser e ao mesmo tempo, posto que o sentido da definição é idêntico, a nossa história: não como obra nossa, mas como situação que nos constitui”





Temos condição de conseguir muitos outros títulos sobre o assunto.
Diga-nos quais você precisa e lhe daremos a resposta.

Temos um vasto acervo sobre essa bibliografia temática.

Envio em até 24 horas após a confirmação de pagamento com confirmação via e-mail e número de postagem para acompanhamento da entrega.

Toda postagem pode ser rastreada pelo site dos Correios.
 
Todos os pedidos são enviados com seguro.
CASO HAJA INTERESSE NESSE LIVRO OU EM NOSSO SERVIÇO, ENVIE UM E-MAIL PARA philolibrorum@yahoo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário