Pesquise neste Blog

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Notas a Lápis Dom Antônio de Almeida Lustosa - Arcebispo de Fortaleza. Ação Católica. Josefinas.







Notas a Lápis

Dom Antônio de Almeida Lustosa - Arcebispo de Fortaleza.

editora: Salesianas

ano: 1952

capa dura, manteve-se a capa brochura.

Dom Antonio de Almeida Lustosa, pessoa sábia, conhecedor de 6 idiomas, iniciador do suntuoso santuário de Romaria-MG, autor de muitos livros publicados, apoiador incansável do movimento da Ação Católica e das Congregações Marianas, apóstolo incansável das vocações sacerdotais e religiosas, defensor incansável da Ação Social Arquidiocesana e promotor de campanhas a favor dos sofredores da seca no Ceará, idealizador de um Hospital, fundador de mais de 100 Escolas primárias em cidades da Diocese de Uberaba, de Corumbá-MT, de Belém-PA e de Fortaleza-CE, autor da obra de pesquisa “Notas a Lápis”, manancial riquíssimo de dados geográficos, antropológicos e sociólogos colhidos em visitas pastorais, articulista em vários jornais do nordeste, fundador da Congregação Religiosa, as “Josefinas” que trabalham da Catequese e na Ação Social, literato de renome, .pastor com visíveis sinais de penitente vida e santa prudência cristã, pois, em seu escritório de despacho, nunca se sentava, lia e escrevia de pé, jejuava boa parte do ano, em solidariedade ao jejum forçado do povo nordestino, humilde e alheio a honrarias, pois quando ainda era Arcebispo de Fortaleza CE, a nunciatura apostólica propôs nomeá-lo Arcebispo de São Paulo, comunicando-lhe que em São Paulo seria criado o segundo Cardinalato do Brasil, D. Lustosa respeitosamente suplicou à nunciatura que o livrasse de tal honraria, evidenciando que pastoralmente preferia viver entre as dificuldades do povo pobre do Ceará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário