Pesquise neste Blog

terça-feira, 15 de março de 2011

Textos Sagrados das Pirâmides G. Maspero e Kurt Sete INTRODUÇÃO. TEXTO ARCAICO - 2.DINASTIA. OS PROVÉRBIOS DE PTHOTEP - 5.DINASTIA. HINO AO FARAÓ ANFET I - 11. DINASTIA. ENSINAMENTO AO FARAÓ MERICARA - 10 DINASTIA. HINO A ATON - 18.DINASTIA. LOUVOR A AMON - 19.DINASTIA. A FILHA DO PRINCIPER DE BAKTÃ - PERIODO TEBANO. ESTÓRIA DE SANTI KHAMOIS. RITO FUNERÁRIO.




Textos Sagrados das Pirâmides

G. Maspero e Kurt Sete

editora: Livros do Mundo Inteiro

descrição: Livro em brochura contendo 191 páginas em bom estado de conservação, coda17b-x2, escasso, não perca, saiba mais...
Tradução Raul Xavier.

INTRODUÇÃO. TEXTO ARCAICO - 2.DINASTIA. OS PROVÉRBIOS DE PTHOTEP - 5.DINASTIA. HINO AO FARAÓ ANFET I - 11. DINASTIA. ENSINAMENTO AO FARAÓ MERICARA - 10 DINASTIA. HINO A ATON - 18.DINASTIA. LOUVOR A AMON - 19.DINASTIA. A FILHA DO PRINCIPE DE BAKTÃ - PERIODO TEBANO. ESTÓRIA DE SANTI KHAMOIS. RITO FUNERÁRIO.


alguns dos mais belos textos legados pela outrora imponente civilização egípcia estão selecionados nestas páginas. Textos que são silenciosas testemunhas do fervor religioso de um povo.

Menos conhecida que a hindu, a literatura mística do Antigo Egito não perde, entretanto, em importância para aquela. Além do famoso e sublime "Livro dos Mortos", ela tem se mostrado prolífica na produção de obras de igual nível, arraigadas de fervor moral e religioso.

Foi, aliás, das águas abundantes de uma concepção extremamente fértil da vida e do mundo, dos homens e dos deuses, que os egípcios extraíram os elementos com que iriam construir a sua visão teogônica que influenciaria, fundamentalmente, o pensamento do homem antigo. Foi também ao contato diário de uma realidade geográfica, ora implacável, ora generosa, que os mestres egípcios moldaram muitas das figuras mais típicas e vigorosas da sua religião, e algumas de suas formas mais peculiares de comportamento.

Nesta seleção de textos rigorosamente elaborada por Raul Xavier, encontramos os testemunhos vivos desta .religiosidade ardente. Além dos "Provérbios de Ptahotep" que durante séculos serviu de código moral à sociedade egípcia e ainda em nossos dias reveste-se de evidente atualidade, admirará o leitor a beleza da oração dirigida a Aton por Amenófis IV, há quase 3.500 anos ou a sublimidade do hino a Amon, encontrado num papiro de Leide.

Textos de pungente beleza, como o do "Rito Funerário", darão ao leitor um esboço do grandioso mundo em que se movimentam os deuses do panteão egípcio, deuses que perpetuaram-se em religiões posteriores, como a hebraica e a cristã; e existiam em coetâneas, como a hindu. Afinal, quem não reconhece neste nosso descrente mundo ocidental, estas palavras milenares, tão semelhantes às dos "Vedas" ou às do profeta bíblico:

"Estão bem providos os homens,/ que parecem um rebanho do Senhor./ Ele fez a terra e o céu para os homens./ Repeliu o monstro das águas./ Fez a respiração/ para que as narinas se movam./ Os homens são a imagem/ da pessoa do Senhor,/ que por eles ergue-se no céu".



Sumário; Introdução VII; Nota Prévia Texto Arcaico (2ª dinastia); Os Provérbios de Ptahotep (5ª dinastia); Hino ao Faraó Antef 1(11ª dinastia); Ensinamento ao Faraó Mericara (10ª dinastia); Hino a Aton (18ª dinastia); Louvor a Amon (19ª dinastia); A Filha do Príncipe de Baktã (período Tebano); Estória dê Satni Khamois; Rito Funerário; Glossário.




LOUVOR A AMON

Texto inscrito numa lápide tumular na necrópole de Tebas, redigido na época da 19a. dinastia.
(1320/1232 a. C.). Texto também transcrito no papiro de Leide.

"Escrevo hinos ao Senhor,em seu nome. Louvo-o até às alturas do céu,
até à extremidade da terra. F alo do seu poderio,aos que sobem pelo rio,
aos que descem pelo rio. Tenham cuidado com Ele!
Repitam isso ao filho, à filha,aos grandes, aos pequenos,às gerações atuais,
às gerações que ainda não viram a luz,aos peixes na água,às aves no céu,
a quem O conhece,a quem O ignora. Tenham cuidado com Ele!
És Amon, o mestre silencioso .Que atende ao apelo do infeliz!
Chamo por ti, pois estou aflito e vens salvar-me.
Trazes-me alento em minha desgraça, salvando-me quando estou na prisão.
Amon Ra, Senhor de Tebas, salvas quem está no Ocidente!
Quando te chamo, és tu que acorres de longe."



Livro em bom estado de conservação, capa brochura, escasso, não perca, saiba mais ....

Trata-se de um grande clássico de caráter universal primordial para a educação. Possui texto de fácil entendimento que estimula o leitor a pensar e refletir sobre o tema proposto.

Temos condição de conseguir muitos outros títulos sobre o assunto.

Diga-nos quais você precisa e lhe daremos a resposta.

Temos um vasto acervo sobre essa bibliografia temática.

Envio em até 24 horas após a confirmação de pagamento com confirmação via e-mail e número de postagem para acompanhamento da entrega.

Toda postagem pode ser rastreada pelo site dos Correios.

Todos os pedidos são enviados com seguro.

CASO HAJA INTERESSE NESSE LIVRO OU EM NOSSO SERVIÇO, ENVIE UM E-MAIL PARA

philolibrorum@yahoo.com.br


Esta Página visa contribuir, com a localização de livros escassos, aos estudiosos das diversas ciências e áreas de estudo ou mesmo hobbies. Sobretudo as publicações já fora de comércio, antigas, esgotadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário