Pesquise neste Blog

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Antropologia Filosófica Bernard Groethuysen



Antropologia Filosófica

Bernard Groethuysen

editora: Presença

ano: 1982

descrição: 270 páginas - Livro em bom estado de conservação, brochura original, não perca.

Trad. de Lurdes Jacob, Jorge Ramalho, 21 cm. Biblioteca de textos universitários ; 54.

Em certos momentos, parece ter sido a filosofia que, no decurso do desenvolvimento histórico, se encarregou da função de orientar o homem para a meditação sobre si; noutros pelo contrário, este papel parece reservado à religião ou à arte. A antropologia compreende todos estes ramos de atividade espiritual, tanto quanto a reflexão do homem encontra ocasião para nela se exprimir. Compreende igualmente toda a extensão das expressões mutáveis de que o homem se serve para interpretar a sua vida, a sua prórpria pessoa e o seu destino. A verdadeira tarefa da antropologia filosófica seria reencontrar, através desta riqueza de dados, a via seguida pela meditação do homem sobre si.

Introdução.
Platão.
Socrates e os homens.
Aristoteles.
A filosofia greco-romana da vida.
Plotino
Santo Agostinho
A consciência religiosa de si.
Os fundamentos da antropologia moderna.
O homem mítico.
A alma e o mundo Ficino e Picolo da Mirandola.
Pomponazzi.
O homem do renascimento.
A natureza e a consiência de si. Cardanus.
Bovillus.
O ser e o devir.
O homem religioso.
Mito e fé.
Nicolau de Cusa.
Paracelso.
Lutero.
O homem humanista.
Erasmo.
Montaigne.
Perspectiva que oferece o desenvolvimento da Antropologia nos tempos modernos.

ETC...

Nenhum comentário:

Postar um comentário