Pesquise neste Blog

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

O Livro Negro da Usp Adusp 1979 O controle ideológico na universidade

O Livro Negro da Usp


Adusp

1979

O controle ideológico na universidade, Livro esgotado, em bom estado de conservação.


Apresentação; Os Antecedentes; O Primeiro período - de 31 março de 1964 até o final de maio 1966;  O Segundo período 1967-1969; O Terceiro período de 1970 Hoje. Arbítrio, corrupção e decadência.


A FFLCH de longe sofre a perseguição do estado, quando funcionava na Maria Antonia, até 3 de outubro de 1968, data da fatídica "Guerra da Maria Antonia", episódio marcado pelo conflito entre os estudantes da USP e da Universidade Mackenzie, que deixou como saldo (negativo) a total destruição da Faculdade de Filosofia. Esses acontecimentos tiveram muitas causas, entre as quais o conflito existente entre estudantes considerados comunistas e o aumento da repressão por parte do regime militar. A depredação do patrimônio público foi ignorada por parte das autoridades responsáveis, entre as quais a própria reitoria e o Secretário de Segurança Pública.
Existia, sim, um interesse por parte do regime militar e de seus defensores em destruir a FFLCH e esse processo começava pela destruição física.  Com isso, a FFLCH foi obrigada a se instalar na Cidade Universitária às pressas, em lugar ainda sem estrutura e relativamente deserta, sem condições mínimas de cumprir o papel de produção do conhecimento.

Para além de uma dimensão estritamente política, as aposentadorias compulsórias de professores que logo se seguiram, em abril de 1969, significaram a quase inviabilização de alguns cursos da Faculdade de Filosofia, ao mesmo tempo em que caracterizavam a destruição de um patrimônio cultural acumulado por vários anos, que não pôde ser retomado mais, na mesma orientação.

Um clima de intimidação, em alguns momentos de terrorismo mesmo, marcou os anos que se seguiram à mudança para a Cidade Universitária: cercos e invasões policiais; buscas e prisões de professores e estudantes; presença de policiais informantes em salas de aula e até mesmo de um dos torturadores da OBAN matriculado num de seus cursos; buscas e revistas em salas de professores à noite.




Temos condição de conseguir muitos outros títulos sobre o assunto. Diga-nos quais você precisa e lhe daremos a resposta. Temos um vasto acervo sobre essa bibliografia temática. Envio em até 24 horas após a confirmação de pagamento com confirmação via e-mail e número de postagem para acompanhamento da entrega. Toda postagem pode ser rastreada pelo site dos Correios. Todos os pedidos são enviados com seguro. CASO HAJA INTERESSE NESSE LIVRO OU EM NOSSO SERVIÇO, ENVIE UM E-MAIL PARA philolibrorum@yahoo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário