Pesquise neste Blog

domingo, 26 de julho de 2009

Guanabara - 1ª Edição Martins Fontes

Guanabara - 1ª Edição

Martins Fontes

editora: J. Fagundes

ano: 1936

descrição: Em "Guanabara" canta as bellezas do Rio de Janeiro, a majestade de suas montanhas, o encanto das suas ilhas, a poesia pitorescas de seus bairros, o viço de suas flores. Brochura original em bom estado, 137 pp., 1936.



José Martins Fontes (Santos, 23 de junho de 1884 — Santos, 25 de junho de 1937) foi um médico e poeta brasileiro. O melhor Poeta de sua geração na lusofonia. E um dos dez melhores na Língua Portuguesa, os outros nove são: Camões, Bocage, António Nobre, Guerra Junqueiro, Fernando Pessoa, Castro Alves, Olavo Bilac, Raimundo Correia e Alberto de Oliveira (o brasileiro).

José Martins Fontes, o "Zezinho Fontes", nasceu na casa 4 da praça José Bonifácio, filho de Isabel Martins Fontes e do Dr. Silvério Martins Fontes, freqüentou os principais colégios de seu tempo, entre eles o Colégio Nogueira da Gama em Jacareí. Em sua vida de estudante em Santos, teve como professor Tarquínio da Silva, ao qual prestou homenagem posteriomente. Mais tarde vai para o Rio de Janeiro, onde estuda no Colégio Alfredo Gomes.

Aos oito anos de idade, Martins Fontes publicou seus primeiros versos num jornalzinho denominado "A Metralha" dando os primeiros sinais do grande poeta que iria ser durante sua vida, do qual foram publicados 9 números aos domingos e cujo cabeçalho em três cores era feito por seu avô, o coronel Franscico Martins dos Santos. A 1° de maio desse mesmo (1892) estréia o moço poeta, recitando um hino a Castro Alves no Centro Socialista, organização marxista-leninista criada por seu pai. Com dezesseis anos, ele lê uma ode de sua autoria na inauguração do monumento comemorativo ao quarto centenário do Descobrimento do Brasil, levantado próximo à biquinha em São Vicente.



Temos um vasto acervo sobre essa bibliografia temática.

Envio em até 24 horas após a confirmação de pagamento com confirmação via e-mail e número de postagem para acompanhamento da entrega.

Toda postagem pode ser rastreada pelo site dos Correios.

Todos os pedidos são enviados com seguro.

CASO HAJA INTERESSE NESSE LIVRO OU EM NOSSO SERVIÇO, ENVIE UM E-MAIL PARA

philolibrorum@yahoo.com.br


Esta Página visa contribuir, com a localização de livros escassos, aos estudiosos das diversas ciências e áreas de estudo ou mesmo hobbies. Sobretudo as publicações já fora de comércio, antigas, esgotadas. Vendemos via Mercadolivre. Visite alguns de nossos livros anunciados em nosso e-shop, em: http://eshops.mercadolivre.com.br/philolibrorum


--

---------------------------------


outros títulos que podemos conseguir, caso haja interesse, pergunte-nos:

1) Da Imitação em Síntese. 1ªed. Rio de Janeiro, Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro -Tipografia do “Jornal do Comércio” de Rodrigues & C., 1908, 78p.

2) Verão. 1ªed. Santos, Instituto D. Escholástica Rosa, 1917, 201p.

3) A Dança. 1ªed. Santos, Instituto D. Escholástica Rosa, 1919, 112p.

4) Granada. 1ªed. Santos, Bazar Americano – B. Barros & Cia – Instituto D. Escholástica Rosa, 1919, 27p.

5) A Alegria. 1ªed. São Paulo, O Estado de São Paulo – Nova Era – Paulino Vieira & C. 1921, 46p.

6) Pastoral. 1ªed. São Paulo, Revista do Brasil, Março de 1921, 20p.

Arlequinada. 1ªed. Santos, Instituto D. Escholástica Rosa – B. Barros & Cia, 1922, 79p.

O Mar. 1ªed. São Paulo, O Estado de São Paulo – Nova Era – Paulino Vieira & Comp., 1922, 48p.

Marabá. 1ªed. Santos, Agência Novidades – Instituto D. Escholástica Rosa, 8 de Janeiro de 1922, 33p.

Boémia Galante. 1ªed. Santos, B. Barros & Comp. – Bazar Americano, 1923, 370p.

As Cidades Eternas. 1ªed. Santos, B. Barros & Comp. – Instituto D. Escholástica Rosa, 1923, 138p.

Prometheu. 1ªed. São Paulo, O Estado de São Paulo – Nova Era – Paulino Vieira & Comp., 1924, 27p.

Volúpia. 1ªed. São Paulo, Empresa Monteiro Lobato & Comp., 1925, 169p.

Decameron. 1ªed. Santos, B. Barros & Comp., 1925, 106p.

Santos Suprema Glória da Pátria! 1ªed. Santos, Instituto D. Escholástica Rosa, 1925, 35p.

Partida para Cythera. 1ªed. Santos, B. Barros & Cia., 1925, 79p.

Vulcão. 1ªed. Santos, Instituto D. Escholástica Rosa – Amigos de Santos, 1926, 204p.

No Templo e Na Oficina. 1ªed. Santos, Estabelecimento Gráfico Radium, 1927, 185p.

A Fada Bombom. 1ªed. Santos, Estabelecimento Gráfico Radium, 1927,48p.

O Colar Partido. 1ªed. Santos, B. Barros & Cia., 1927, 259p.

Rosicler. 1ªed. Santos, Estabelecimento Gráfico Radium, 1927, 81p.

Poesias. 1ªed. Santos, Instituto D. Escholástica Rosa – B. Barros & Comp., 1928, 5º, Poesias Completas de Martins Fontes, 425p.

Escarlate. 1ªed. São Paulo, Elvino Pocai, 1928, 83p.

Schaharazade. 1ªed. São Paulo, Estabelecimento Gráfico Irmãos Ferraz, 1929, 68p.

O Mar, A Terra e o Céu. 1ªed. Santos, Instituto D. Escholástica Rosa, 1929, 161p.

A Flauta Encantada. 1ªed. São Paulo, Rebelo & Magalhães, 1931, 99p.

Terras da Fantasia. 1ªed. Santos, Instituto D. Escholástica Rosa, 1933, 339p.

Sombra Silêncio e Sonho... 1ªed. São Paulo, Elvino Pocai, 1933, 154p.

Paulistânia. 1ªed. São Paulo, Elvino Pocai, 9 de Julho de 1934, 127p.

Nós, As Abelhas. 1ªed. São Paulo, Editora J. Fagundes, 1936, 292p.

Guanabara. 1ªed. São Paulo, Editora J. Fagundes, 1936, 137p.

I Fioretti. 1ªed. São Paulo, Elvino Pocai, 1936, 46p.

Sol das Almas. 1ªed. Rio de Janeiro, A Noite S/A Editora, 1936, 205p.

Fantástica. 1ªed. São Paulo, Editora J. Fagundes, 1937, 204p.

Canções do Meu Vergel. 1ªed. São Paulo, “Revista dos Tribunais”, Fevereiro de 1937, 186p.

Indaiá. 1ªed. São Paulo, Elvino Pocai, Junho de 1937, 48p.

A Canção de Ariel. 1ªed. São Paulo, Comissão Glorificadora de Martins Fontes – Elvino Pocai, Junho de 1938, 122p.

Nos Jardins de Augusto Comte. 1ªed. São Paulo, Comissão Glorificadora de Martins Fontes, 1938, 187p.

Calendário Positivista. 1ªed. São Paulo, Comissão Glorificadora de Martins Fontes – Elvino Pocai, Junho de 1938, 114p.

Brasil! Vulcão Verdeal... 1ªed. São Paulo, Intercultural Editora – Industrias Gráficas José Ortiz Júnior, 1956, Antologia de Poesias Épicas de Martins Fontes, organizada e com um prefácio e elucidário de Jaime Franco, 310p.

Brasil, Terra Verdeal! 1ªed. São Paulo, Intercultural Editora – Industrias Gráficas José Ortiz Júnior, Junho de 1956, Antologia de Poesias Épicas de Martins Fontes, organizada e com um prefácio e elucidário de Jaime Franco, 311p.


Poesias Martins Fontes. 1ªed. São Paulo, Livraria Martins Fontes Editora, Novembro de 1998, Selecção de Manoel Moreyra, 80p. (Obra editada sem autorização da Família Martins Fontes).

Nenhum comentário:

Postar um comentário