Pesquise neste Blog

domingo, 26 de julho de 2009

Ilka Maia ALVORADAS 1924. Prefácio Maria Lacerda de Moura. Anarquia. Poetisa. Antiga. Anarquismo. Literatura. Libertário.

Ilka Maia

ALVORADAS

1924

capa dura em couro, manteve-se a capa brochura original, assinado e dedicado pela autora, bom estado.


Prefácio Maria Lacerda de Moura.

Feito na Tipografia da Parceria, Rua Augusta, 44, a 48, Lisboa, Portugal - Todos os exemplares da Primeira Edição foram numerados e assinados pela autora.


Sou inimiga dos prefácios porque não concordo com a instituição dos padrinhos.
Padrinho e Madrinha constituem assim uma espécie de tutela para a vida. E o meu temperamento combativo, rebelde, revolta-se contra toda e qualquer coação á minha liberdade.
Na acepção literária o prefacio é o segundo batizado ou melhor: o crisma. Se o autor é mal sucedido, se é medíocre, diz o padrinho " Ora, pediu-me o prefacio, como negar ? Quis auxiliar a um principiante, eu sabia que não tinha talento, mas..." E deixa no ar a afirmação da sua grande generosidade no gesto amplo da mão de protetor.
Detesto a proteção, sob qualquer forma.
Se o autor vence, se afirma uma individualidade, -- até morrer o padrinho compartilha dos lucros " Não fora eu... Era desconhecido... Corrigi, melhorei, retoquei, ensinei, dei-lhe um pouco do meu grande cabedal..." Detestável tudo isso.


Quando publiquei o meu primeiro livro o fiz sozinha, consciente, não me querendo escravizar a tutelas, responsabilizando-me pelo meu ato.
Atirei-o amplamente, corajosamente, por todo o Brasil e, esperei, sem sequer uma única apresentação, a não ser o meu nome desconhecido.
É o que ILKA deve fazer agora. É o que toda mulher deve fazer quando tem consciência de si mesma, quando se promete um esforço continuado, perseverante, em busca de uma nesga da Beleza imortal.
Não se trata de uma mulher vulgar e não devo antecipar a emoção dos leitores dessa vigorosa poetisa ainda menina.
A mulher, para conquistar o lugar a que tem direito, o lugar que é muito seu e que foi usurpado pela prepotência masculina aliada á submissão inconsciente, feminina; usurpado pelo atentado ao seu desenvolvimento mental na inação da sua atividade cerebral e no jugo do trabalho domestico ( obrigatório ) só para o sexo feminino, -- a mulher tem de reagir, com todas as forças, contra o meio ambiente: família, sociedade, opinião pública, preconceitos de toda espécie, e tem necessidade de vigor, de heroísmo, de personalidade para vencer todos os entraves e, brilhar, -- (quand même) as muralhas seculares da escravidão social, mormente para o sexo frágil que
por ser frágil é o mais sobrecarregado...

trecho do prefácio digno do nome anarco feminimo de Maria Lacerda de Moura.



Ilka de Freitas Maia, São Paulo, Capital, em 27 de abril de 1.906, filha de, Luiz Oscar de Almeida Maia, Advogado, e Dna. Maria da Glória de Freitas Maia, Professora.

Ilka Maia publicou seu primeiro livro de poesias, "ALVORADAS" aos 16 anos de idade. Foi considerada um prodígio, na época.

Ilka Maia, casou-se com Eugênio de Mello Franco e teve um casal de filhos, Ilnio e Kali, (falecida) era funcionária da Prefeitura Municipal de São Paulo, onde se aposentou por tempo de serviço.

Formada em Psicologia pela Escola Álvares Penteado, no Largo São Francisco, em São Paulo. Prestou serviços durante vários anos, como Psicotécnica, na Clinica Neuro-Psiquiátrica da P.M.S.P., fazendo ali, importante descoberta, para a Psiquiatria, com relação a teste de Psicanálise e publicada na Revista Médica do Hospital da Clínicas.



Obras

ALVORADAS - em 1.924

AREIA NA ALMA

PLANTA DA PEDRA – 1.954

A GRANDE JORNADA – 1.978

Temos um vasto acervo sobre essa bibliografia temática.

Envio em até 24 horas após a confirmação de pagamento com confirmação via e-mail e número de postagem para acompanhamento da entrega.

Toda postagem pode ser rastreada pelo site dos Correios.

Todos os pedidos são enviados com seguro.

CASO HAJA INTERESSE NESSE LIVRO OU EM NOSSO SERVIÇO, ENVIE UM E-MAIL PARA

philolibrorum@yahoo.com.br


Esta Página visa contribuir, com a localização de livros escassos, aos estudiosos das diversas ciências e áreas de estudo ou mesmo hobbies. Sobretudo as publicações já fora de comércio, antigas, esgotadas. Vendemos via Mercadolivre. Visite alguns de nossos livros anunciados em nosso e-shop, em: http://eshops.mercadolivre.com.br/philolibrorum


--

Nenhum comentário:

Postar um comentário