Pesquise neste Blog

segunda-feira, 22 de junho de 2009

O Visconde e a Viscondessa do Sêrro Formoso e sua Descendência. Genealogia. Heráldica. Nobreza. cafe. cafeicultura




O Visconde e a Viscondessa do Sêrro Formoso e sua Descendência.


Tácito van Langendonck.


S. Paulo;


1970.


Visconde e a Viscondessa do Sêrro Formoso e sua descendência. Tácito Remi de Macedo van Langendonck

Heraldica - Nobreza - Brasil ; Macedo, Francisco Pereira de (Visconde do Sêrro Formoso) - Genealogia - Brasil

160 p. ; 32 cm. Livro em muito bom estado de conservação, com assinatura e autografo dedicado pelo próprio autor.


Visconde de Sêrro Formoso, teve o brasão requerido em 3/03/1875, concedido com Aviso do Rei-de-Armas em 7/04/1875.


Não se tem a data da Carta de Brasão nem o número da folha de registro devido ao desaparecimento dos livros do Cartório de Nobreza logo após a República.


Tem-se conhecimento apenas de uma parte, até 1872, por haver cópias dos registros. Archivo Nobiliarchico Brasileiro, página 477. Teve a pintura realizada conforme modelo existente no Arquivo Nacional do Rio de Janeiro: "Brasões / pasta 60". Brasões de Armas. Descrição Heráldica - Escudo de Armas esquarquelado: I - Em campo de ouro em sêrro elevado de verde. II - Em campo de azul cinco estrelas de cinco pontas de ouro. III - Em campo de prata três faixas de vermelho com dois ramos de cafeeiro de verde, frutado de vermelho, brocantes em orla. IV - Em campo de verde uma colméia de ouro encimada por seis abelhas ao natural, em arco. Coroa - Da dignidade de Visconde Timbre - Um braço vestido de azul, com mão ao natural empunhando uma foice de prata encabada de vermelho. Escudo de Armas esquarqueladoInterpretação:

Escudo de Armas ordenado no conceito da Heráldica Brasileira, com elementos da Heráldica do Reino de Portugal.


O quartel I é uma representação alusiva ao nome do título nobiliárquico, Monte Formoso. O quartel II traz as armas da família Macedo. O quartel III traz armas usadas igualmente por três famílias de Portugal, Leitão, Pestana e Silveira. Não sendo conhecida a ascendência do Visconde, não se pode identificar o quartel com certeza. Como os ramos de cafeeiro estão brocantes (sobre) as faixas, pode-se inferir que seja representação de uma fazenda de café herdada de pais ou avós com nome de uma dessas famílias. O quartel IV mostra uma simbologia do trabalho organizado (colméia e abelhas) no solo nacional, pelas cores ouro e verde. O Timbre é o ancestral de Macedo, com diferença individual, tendo sido trocada a maça-d'arma por uma foice agrícola.


O coronel Francisco Pereira de Macedo, Visconde do "Serro Formoso", criou uma banda musical integrada por negros, pois gostava de ouvir óperas durante as refeições. Contratar o maestro Thomaz do Patrocínio, irmão de José do Patrocínio, para instruir os escravos. Esta cena pode parecer irreal para época, numa província quase despovoada, mas aconteceu no município de Lavras do Sul. Bem afinada essa banda abrilhantava solenidades e bailes de Lavras do Sul, Caçapava do Sul e arredores. Quando da visita de D. Pedro II ao RS, por ocasião por ocasião da tomada de Uruguaiana, na Guerra do Paraguai, a banda de negros da estância do Serro Formoso, executou o Hino Nacional, para receber, com honrarias, seu mais ilustre visitante, recém chegado do Rio de Janeiro.


Temos condição de conseguir muitos outros títulos sobre o assunto. Diga-nos quais você precisa e lhe daremos a resposta.

Temos um vasto acervo sobre a bibliografia temática de ciências genealógicas, heraldica, nobreza, Brasil.


Envio em até 24 horas após a confirmação de pagamento com confirmação via e-mail e número de postagem para acompanhamento da entrega.

Toda postagem pode ser rastreada pelo site dos Correios.

Todos os pedidos são enviados com seguro.


Livros raros, esgotados, fora do comércio, prensa particular,
recolhidos, rejeitados, amados, assinados, humano, exato, edição
especial, princeps, ilustrados, numerados, sob encomenda, diga-nos
quais precisas, esquecidos, etc ....


Amor ao Livro, Livre Saber, Ler por Prazer, com Prazer, Amor ao Saber,
Bibliotecas se findam, livros não ...

φίλοlibrorvm

Nenhum comentário:

Postar um comentário