Pesquise neste Blog

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Obras Completas poesia, Prosa e Gramática Laurindo José da Silva Rabêlo Cia Nacional 1946

Obras Completas (poesia, Prosa e Gramática)

Laurindo José da Silva Rabelo

Cia Nacional

1946

Organização, introdução e Notas de Osvaldo Melo Braga; Livros do Brasil -8; Coleção Obras-Primas da Literatura Nacional.

Livro em bom estado de conservação, capa dura em couro, escasso, não perca, saiba mais ....

Trata-se de um grande clássico de caráter universal primordial para a educação. Possui texto de fácil entendimento que estimula o leitor a pensar e refletir sobre o tema proposto.

Temos condição de conseguir muitos outros títulos sobre o assunto.

Diga-nos quais você precisa e lhe daremos a resposta.



-----------------------------

LAURINDO José da Silva RABELO nasceu no Rio de Janeiro (RJ), a 3 de julho de 1826.

De origem humilde, paupérrimo, descendente de negro e cigano. Entrou para o Seminário de São José, recebendo ordens menores. Tentou a Escola Militar, que veio a deixar, por ter escrito sátiras contra o diretor.

Matriculou-se na Escola de Medicina do Rio de Janeiro.

Sem recursos, largou os estudos, passando pelo dissabor de ver louca a irmã, por lhe haver falecido o noivo.
Recebeu a caridade de ser levado para a Bahia, onde continuou os estudos de Medicina e onde recebeu a notícia do falecimento da irmã e depois da mãe, ficando a família reduzida a um irmão, que veio a ser assassinado.

Formado em Medicina, foi médico do Exército, seguindo para o Rio Grande do Sul.

Regressando ao Rio de Janeiro, foi professor de Português, Geografia e História no curso anexo à Escola Militar.

Foi apelidado de Poeta Lagartixa. Boêmio, orador, humorista, repentista. Faleceu no Rio de Janeiro, a 28 de setembro de 1864.

Patrono da cadeira nº 26 da Academia Brasileira de Letras.

Integrou a chamada segunda fase do romantismo brasileiro.

Laurindo José da Silva Rabelo, o “poeta lagartixa”, sofreu os mesmos desencantos, os mesmos dissabores que sofrera Gregório de Matos, pela moralidade de sua poesia satírica. Mas em meio às diabruras, ainda tinha tempo de se dedicar ao lirismo, um lirismo tristonho (...)
Mulato com sangue de cigano, boêmio inveterado, nasceu e morreu sempre na maior pobreza. Infeliz até à morte.



-------------------


Temos um vasto acervo sobre essa bibliografia temática.

Envio em até 24 horas após a confirmação de pagamento com confirmação via e-mail e número de postagem para acompanhamento da entrega.

Toda postagem pode ser rastreada pelo site dos Correios.

Todos os pedidos são enviados com seguro.

CASO HAJA INTERESSE NESSE LIVRO OU EM NOSSO SERVIÇO, ENVIE UM E-MAIL PARA

philolibrorum@yahoo.com.br


Esta Página visa contribuir, com a localização de livros escassos, aos estudiosos das diversas ciências e áreas de estudo ou mesmo hobbies. Sobretudo as publicações já fora de comércio, antigas, esgotadas. Vendemos via Mercadolivre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário