Pesquise neste Blog

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Odilon Nestor Juvenilia Pernambuco Paraiba História Poema

Odilon Nestor - (Teixeira Paraíba )

Juvenilia

Typografia 1906 - Edelbrock - Sampaio Ferraz editor

Recife - Pernambuco

Rara primeira edição desse histórico livro de poesia do Paraibano Odilon Nestor, intelectual e Poeta, Não perca, saiba mais ...

muito bom estado, encadernado em capa dura, Exemplar raro deste grande autor um culto e intelectual paraibano e brasileiro.


Odilon Nestor, o primeiro redator chefe do Jornal do Comercio - Pernambuco. Poeta e jurista, o sertanejo (Teixeira, na Paraíba), que foi à Europa mais de 15 vezes e era professor de Direito Internacional (escreveu livro sobre a história da Faculdade de Direito do Recife), daria o tom cosmopolita que marca o jornal até hoje.

Nestes tempos carentes de humanidade, convém lembrar que Odilon Nestor era sobretudo um humanista. O melhor disso escreveu Gilberto Freyre num excelente perfil que dele traçou. A história de ambos se encontra na amizade e na organização do Centro Regional - de que o Manifesto Regionalista seria o fruto mais polêmico (Joaquim Inojosa, que foi um dos colaboradores famosos do jornal, nos seus primeiros anos, atacaria Gilberto Freyre em muitos textos, considerando o tal manifesto uma fraude). Controvérsias à parte, é importante considerar o que diz o sociólogo a respeito de Odilon Nestor e sua atuação cultural. O sociável redator chefe que gostava de ir e dar festas (principalmente uns tradicionais chás) na sua casa da rua do Paissandu:

"Em Odilon Nestor, o sal que lhe permitiu atravessar o verbalismo brasileiro de província de 1900, sem degenerar em verbalista, e atravessar a Faculdade de Direito do Recife, post-1900 sem corromper-se em puro técnico do direito, foi a riqueza, a qualidade, o teor de sua sensibilidade incapaz de se deixar satisfazer pelo verbalismo, pelo tecnicismo ou pelo profissionalismo. (...) Explica-se que seu melhor companheiro no Recife de 1900 tenha sido Alfredo de Carvalho, outro provinciano-cosmopolita, educado nos Estados Unidos e na Alemanha e homem do mundo a seu modo."

Como convém a um sociólogo, Gilberto Freyre não se limita a tipificar Odilon Nestor, que presidiu o Centro, tenta explicar o que era o próprio Centro e quem o freqüentava:

"Não eram apenas uns gentishomens mais ou menos aliteratados os que formavam o Centro Regionalista presidido por Odilon Nestor: tiveram sua influência na vida da cidade e da região. Contribuíram para restaurar no recifense o gosto pela árvore: principalmente pela árvore regional. O gosto, também, pela cozinha tradicional, pelo móvel antigo, pelo estilo luso-brasileiro de casa e de igreja, pela arte popular, pela etnografia sertaneja. Sob o estímulo do Centro, o Recife viveu por algum tempo uma vida de curiosidades e de interesse, não apenas intelectual, como cívico, pelas coisas do seu passado social, pelos valores de sua arquitetura doméstica e de igreja, pelos problemas de sua urbanização e de sua arborização. Alguns dos problemas de urbanização e de planificação regional do maior interesse para o Brasil aí é que foram discutidos pela primeira vez."

Livros Raros, 1ªedição, Edição Especial, Poesia Brasileira

Rara primeira edição desse histórico livro de poesia do Paraibano Odilon Nestor, intelectual e Poeta, Não perca, saiba mais ...

muito bom estado, encadernado em couro e papel fantasia, Exemplar raro deste grande autor um culto e intelectual paraibano e brasileiro.


livro em bom estado, saiba mais.Temos condição de conseguir muitos outros títulos sobre o assunto. Diga-nos quais você precisa e lhe daremos a resposta.

Temos um vasto acervo sobre essa bibliografia temática.

CASO HAJA INTERESSE NESSE LIVRO OU EM NOSSO SERVIÇO, ENVIE UM E-MAIL PARA

philolibrorum@yahoo.com.br


Esta Página visa contribuir, com a localização de livros escassos, aos estudiosos das diversas ciências e áreas de estudo ou mesmo hobbies. Sobretudo as publicações já fora de comércio, antigas, esgotadas. Vendemos via Mercadolivre. Visite alguns de nossos livros anunciados em nosso e-shop, em: http://eshops.mercadolivre.com.br/philolibrorum





--

Nenhum comentário:

Postar um comentário