Pesquise neste Blog

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

A tetralogia do príncipe imaginário João de Castro Osório Império Edições Ocidente O Ramo de flores sem flores ilustração Hugo Manuel





A tetralogia do príncipe imaginário

João de Castro Osório.

1940

Editorial Império in Lisboa . "Edições Ocidente".

O Ramo de flores sem flores

livro em bom estado de conservação, capa dura em couro lombada e cantos, com letras douradas na lombada, com papel fantasia, manteve-se a linda capa brochura original, escasso, não perca, saiba mais...

Tiragem especial e limitada, em papel especial, exemplar numerado e assinado pelo autor.

As ilustrações deste livro são constituídas por projectos de cenários e decorações de Hugo Manuel.

João de Castro Osório de Oliveira era filho de Ana de Castro Osório e do poeta Paulino de Oliveira e irmão do escritor José Osório de Oliveira. Poeta, dramaturgo, historiador literário e ensaísta, publicou sucessivas edições da Clepsidra, de Camilo Pessanha, com base nos autógrafos que zelosamente conservou. Em 1940-41 publicou A Tetralogia do Príncipe Imaginário. Editou ainda, entre outros estudos de história da literatura portuguesa, Florilégios das Poesias Portuguesas Escritas em Castelhano e Restituídas à Língua Nacional (1942), Ordenação Crítica dos Autores e Obras Essenciais da Literatura Portuguesa (1947), Cancioneiro de Lisboa (Séculos XIII-XX), em 1956, O Testemunho de Garcia de Resende (1963) e por fim uma Suma Poética da Língua Português (1970).

Temos um vasto acervo sobre a bibliografia temática dessa área, saiba mais ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário