Pesquise neste Blog

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Genealogia de Frederico Guilherme Virmond Gen Nicanor Porto Virmond famílias SUPPLICY - CARRANO Queiroz, Werneck, Fiuza, Machado, Carnasciali




Genealogia de Frederico Guilherme Virmond

Gen Nicanor Porto Virmond

editora: Imprensa Oficial

ano: 1976

estante: Genealogia

livro em Brochura original em bom estado, 140 páginas sem riscos nem grifos, livro escasso, não perca saiba mais...


livro com assinatura e uma muito interessante e informativa dedicatória de punho do próprio autor.

Exemplar único com diversos souvenirs genealógicos, que pertenciam ao antigo dono, sem dúvida um apaixonado linhagista...


livro Genealogia de Frederico Guilherme Virmond, de Gen Nicanor Porto Virmond, como parte da programação da semana comemorativa no centenário de falecimento do artista.


Ascendentes e descendentes de Frederico Guilherme Virmond nascido em Köln, Alemanha em Setembro de 1791.
Na Alemanha chamou-se Friedrich Leonhard Virmond e Friedrich Wilhelm Virmond. Casou-se em Funchal, Ilhas Madeira, Portugal, à bordo da nau Real João, com Maria Izabel Quadros de Andrade em 1807.
Emigrou para o Brasil em 1818, fixando residência em Lapa, Paraná onde morreu em 1876.

Family History of Frederic Wilhelm Virmond of Köln, Germany. He was born in 1791, married to Maria Izabel Quadros de Andrade in 1807, they emigrated to Paraná, Brazil in 1818 and he died in Lapa, Paraná in 1876.

Inclui os nomes Virmond, Suplicy ou Suplici, Queiroz, Werneck, Fiuza, Machado, Carnasciali e outros parentes.

---------------



Livro com reduzida e única tiragem, pouquíssimos exemplares se vê por aí, lindo livro em papel e ilustrações de boa qualidade, elaborado para a Renomada Coleção Bibliografica sobre a Imigração no Brasil.

a genealogia, como ciência não se restringe à investigação exclusiva de árvores nobiliárquicas, mas à reconstituição de todas as famílias, por mais modestas no sentido de buscar a contribuição pessoal na obra comum de engrandecimento da Pátria.


A genealogia é uma das mais belas e úteis ciências, quando cultivada em função da Terra e do Sangue.


O povo que não olha para o passado à procura de seus ancestrais jamais olhará para o futuro e para a posteridade.


Por que ainda hoje há pessoas que se interessam por assuntos tão tolos como origem de famílias ? A todos estes respondo que é com o conhecimento de onde viemos que saberemos aonde vamos. Quer queiramos ou não são os nossos ancestrais que deram a formação mais profunda do nosso ser, do nosso existir. É pois conhecendo as tendências, os modos de ser dos nossos, que saberemos lutar, pelo que seremos e o que os nossos filhos serão. Desse modo, também a eles ofereçamos o gosto pelo conhecimento dos nossos.



Ressuscitar as memórias das passadas gerações, e dentre o pó das histórias evocar todas as glórias
das antigas tradições, é serviço, é incitamento, é missão honrada e nobre.


A preocupação absorvente da Gleba e da Família, do apego ao chão e às tradições domésticas, fecunda as raízes das árvores genealógicas, que são áridas e frias, inexpressivas e mudas quando redundam em simples enumeração de ascendentes e descendentes.

Florescem os seus ramos, enfeitam-se de cor e de som, animam-se, enchem-se de vida, esmaltam-se de glória sentida e compreendida,quando investigamos nos alfarrábios e tiramos do pó o espírito dos antepassados, para viver suas existências, comungar suas dores, beber suas lições, impregnar-nos de suas virtudes e do heroísmo de seus martírios.

Se o brasileiro se apaixonasse pela sua Terra e pela sua Gente, pela comuna cuja gleba seus avós lavoraram, essa paixão longe de desenvolver qualquer regionalismo, lhe daria uma alta e humana compreensão da Vida, da verdade da História e do sentido cristão da Pátria – pátria admirável e bela, que é a mesma paisagem conhecida e amiga que nos habituamos a contemplar da janela da casa paterna e que nossos mortos levaram na retina para o seio da terra abençoada, pátria que é ossuário de....



.


Temos um vasto acervo sobre a bibliografia temática dessa área, saiba mais ...


CASO HAJA INTERESSE NESSE LIVRO OU EM NOSSO SERVIÇO, ENVIE UM E-MAIL PARA

philolibrorum@yahoo.com.br


Esta Página visa contribuir, com a localização de livros escassos, aos estudiosos das diversas ciências e áreas de estudo ou mesmo hobbies. Sobretudo as publicações já fora de comércio, antigas, esgotadas.

4 comentários:

  1. meu ramo queiroz fiuza faz parte da genealogia de f.g.virmond

    ResponderExcluir
  2. vc saberia me dizer sobre a data de falecimento de eugenio ernesto virmond?

    ResponderExcluir
  3. vc saberia me dizer sobre a data de falecimento de eugenio ernesto virmond? ou o local onde terminou seus dias?

    ResponderExcluir
  4. vc saberia me dizer sobre a data de falecimento de eugenio ernesto virmond? ou o local onde terminou seus dias?

    ResponderExcluir