Pesquise neste Blog

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Gian Paolo Barbieri Tahiti Tattoos Taschen tatoo tatuagem história grafismo





Gian Paolo Barbieri.

Tahiti Tattoos

Editora: Taschen

Livro em bom estado de conservação, capa dura, Ilustrado,coda1b14x,muito ilustrado, escasso, não perca, saiba mais...

Aas pessoas tatuadas do Tahiti fornecem um registro de uma linguagem da silenciosa polinésia deixado na pele das pessoas.

No final dos anos 80 quando a revista Vogue enviou Barbieri para o Tahiti, ele descobriu na ilha uma fonte de inspiração para suas fotografias. Uma possibilidade de se realizar sonhos de aventuras por aquele mares que sonhara na juventude e seu amor pela Polinésia. Lá descobriu que tudo que sonhara era muito mais forte, assim como seu povo, sua cultura e seus hábitos. E foi na arte da tatuagem que Barbieri apontou suas lentes dessa vez.

O escritor Raymond Graffe introduziu os segredos da tatuagem que tinha ficados escondidos aos olhos dos europeus. Foi o ponto de partida para mais um belo livro de fotos, dessa vez contando a história da tatuagem tendo como base as razões étnicas e culturais do povo do Tahiti.

Atrelado a isso, a referência dos quadros de Paul Gauguin e seus apontamentos sobre a primeira viagem ao Tahiti. E a "linguagem da pele" da cultura polinésia rendeu o livro "Tahiti Tattoos".



Para que sejam encontradas as origens da tatuagem no arquipélago da Polinésia é necessário recuar ao passado mais longínquo da civilização Maori. Esta arte difundida no início nas Ilhas da Sociedade, onde atingiu uma perfeição extraordinária, é apreciada e praticada pelos habitantes das Ilhas Marquesas e Maori.

Temos um vasto acervo sobre a bibliografia temática dessa área, saiba mais ...


CASO HAJA INTERESSE NESSE LIVRO OU EM NOSSO SERVIÇO, ENVIE UM E-MAIL PARA

philolibrorum@yahoo.com.br


Esta Página visa contribuir, com a localização de livros escassos, aos estudiosos das diversas ciências e áreas de estudo ou mesmo hobbies. Sobretudo as publicações já fora de comércio, antigas, esgotadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário