Pesquise neste Blog

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Jean Starobinski 1789: os emblemas da razão Companhia das Letras 1988


Jean Starobinski

1789: os emblemas da razão

Companhia das Letras

1988

com 208 pg., Brochura original em bom estado,  Tradução Maria Lucia Machado, Capa Ettore Bottini.


As metáforas da luz vitoriosa das trevas, da vida renascendo do seio da morte, do mundo reconduzido ao seu começo são imagens que se impõem universalmente por volta de 1789.

 "Mozart, Goya, David, Blake, Rousseau se encontram enfeixados, interligados, em 1789: os emblemas da razão, permitindo a compreensão mais rica possível dos comportamentos humanos, mentais, do tumultuado fim do século XVIII. Este livro toma como objeto as várias manifestações da cultura e particularmente das artes no momento da Revolução Francesa. Ele constitui uma interpretação fundamental a respeito das sensibilidades, idéias, modos de ser e de pensar imbricadas nesse momento nevrálgico que articula os tempos do Antigo Regime com a Época Contemporânea."




Nasceu em 1920, em Genebra, na Suíça. Doutorou-se em medicina (psiquiatria) e letras. Foi professor da Universidade Johns Hopkins e da Universidade de Genebra, onde lecionou literatura francesa e história da medicina, aposentando-se em 1985. Lingüista, filósofo, crítico literário e de artes plásticas, é autor de uma vasta obra que inspira admiração reverente. As palavras sob as palavras e A invenção da liberdade são dois de seus livros lançados no Brasil. 




Temos condição de conseguir muitos outros títulos sobre o assunto. Diga-nos quais você precisa e lhe daremos a resposta. Temos um vasto acervo sobre essa bibliografia temática. Envio em até 24 horas após a confirmação de pagamento com confirmação via e-mail e número de postagem para acompanhamento da entrega. Toda postagem pode ser rastreada pelo site dos Correios. Todos os pedidos são enviados com seguro. CASO HAJA INTERESSE NESSE LIVRO OU EM NOSSO SERVIÇO, ENVIE UM E-MAIL PARA philolibrorum@yahoo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário