Pesquise neste Blog

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Sérgio Stopato Via permanente ferroviária: conceitos e aplicações. USP/CBTU. 1987



Sérgio Stopato

Via permanente ferroviária: conceitos e aplicações. 

USP/CBTU.

1987

brochura original, bom estado, com 251 pg., escasso, não perca, saiba mais....

 ---------------

Outros títulos sobre o assunto que podem interessar, saiba mais contacte-nos:


Anônimo, 1959. Coletânea de leis e decretos alusivos à RFFSA. Imprensa Mineira. Rio de Janeiro.
Alves, Hermilio Cândido da Costa. 1904. O problema da viação férrea para o Estado do Matto-Grosso. Vanorden Ed. São Paulo.
Amaral, Átila. sem data. Primórdios e desenvolvimento do transporte ferroviário no Rio Grande do Sul. 136 p.
Amaral, Átila. 1957. Manual de engenharia ferroviária. Editora Globo. 696 p.
Amaral, Átila. 1974. A evolução ferroviária no Rio Grande do Sul. Editora Meridional Emma.
Associação Brasileira da Indústria Ferroviária. 1983. Perfil da indústria ferroviária brasileira. São Paulo.
Azevedo, Fernando. 1950. Um trem corre para o Oeste: estudo sobre a Noroeste e seu papel no sistema de viação nacional. Ed. Martins. São Paulo.
Bardi, Piotr Bo. 1983. Lembrança do Trem de Ferro. Banco Sudameris Brasil S.A. 136 p.
Batista, Edmundo. 1938. Resumo histórico da "Leopoldina Railway Company Limited". Grafica Editora Carioca. Rio de Janeiro. 180 p.
Batista, José Luiz. 1934. Problemas ferroviários - conferências e estudos. Ed. Litografia Fluminense. Rio de Janeiro.
Benêvolo, Ademar. 1953. Introdução à história ferroviária do Brasil: estudo social, político e histórico. Edições Folha da Manhã. Recife. 700 p.
Branco, José Eduardo Saboia Castello. 1996. Dicionário Inglês - Português da Via Permanente Ferroviária. Logos editora/Flumitrens. 120 p.
Brina, Helvécio Lapertosa. 1982. Estradas de Ferro. vol. 1. Via Permanente. Livros Técnicos e Científicos Ed.. Rio de Janeiro.
Brina, Helvécio Lapertosa. 1982. Estradas de Ferro. vol. 2. Material rodante, tração e dinâmica dos trens. Livros Técnicos e Científicos Ed.. Rio de Janeiro. 216 p.
Brito, José do Nascimento. 1944. A origem das estradas de ferro no Brasil
Camara, J. Ewbank. 1875. Caminhos de ferro de São Paulo - Dados technicos e Estatísticos. Typ. G. Leuzinger & Filhos. Rio de Janeiro.
Campos, Luiz Felipe Gonzaga. 1900. Estrada de Ferro para Matto Grosso: estudo. Siqueira Ed. São Paulo.
Castelo-Branco, Carlos Eduardo Saboia. 1996. Dicionário Inglês/Português da Via Pemanente. Editora Logos. Flumitrens. Rio de Janeiro.
Castro, Hugo. 1981. O drama das estradas de ferro no Brasil. São Paulo.
Coelho, Eduardo. 1993. Guindastes ferroviários no Brasil - Protótipos e Modelos. Centro Oeste/Memória do Trem. 64 p.
Coelho, Eduardo J.J. & Setti, João Bosco. 1993. A era diesel na EFCB. Coleção AENFER, volume 1. Rio de Janeiro. 176 p.
Contadoria Geral dos Transportes - CGT. 1960. Guia geral das Estradas de Ferro e empresas de transporte com elas articuladas. Cia. Melhoramentos de São Paulo. São Paulo. 533 p.
Correa, J.A. 1988. A Maria-Fumaça. A verdade histórica. Ed. do Autor. Maringá.
Correia-Filho, Virgílio. 1946. A estrada de ferro para Corumbá. Imprensa Oficial.
Costa, Paulo A.M. 1958. Introdução à memória histórica da Estrada de Ferro Central do Brasil (1858-1958). Serviço Gráfico do IBGE. Rio de Janeiro.
Craig, Neville B. 1947. Estrada de Ferro Madeira - Mamoré. São Paulo.
Cunha, Ernesto Antônio Lassance. 1909. Estudo descritivo da viação férrea no Brasil. Ed. Imprensa Nacional. Rio de Janeiro. 108 p.
David, Eduardo Gonçalves. 1985. 127 anos de Ferrovia. Associação dos Engenheiros da EFCB. Rio de Janeiro.
David, Eduardo Gonçalves. 1998. A Ferrovia e sua história. Estrada de Ferro Central do Brasil. Coleção AENFER. volume 2, Rio de Janeiro, 160 p. (Pedidos AENFER, Av. Pres. Vargas, 1733, sexto andar, Rio de Janeiro/RJ, 20210-030)
Debes, Célio. 1968. A caminho do oeste: subsídios para a história da Companhia Paulista de Estradas de Ferro e das ferrovias de São Paulo. Edição comemorativa do Centenário de Fundação da Companhia Paulista.
Dias, José Roberto de Souza. 1986. Caminhos de ferro do Rio Grande do Sul: uma contribuição ao estudo da formação histórica do sistema de transportes ferroviários no Brasil meridional. Editora Rios. 206 p.
El-Kareh, Almir. 1982. Mãe preta para uma filha branca - Companhia Estrada de Ferro D. Pedro II (1855-1865). Ed.Vozes.
Erthal, Clélio. 1995. A Estrada de Ferro Inglêsa, a Estação da Luz e a influência inglêsa no Brasil dos barões do café. IPHAN, Rio de Janeiro.
Estienne, Gustavo. 1897. A estrada de ferro Brazil-Pacífico. Leuzinger Ed. Rio de Janeiro.
Fernandes, Carlos Renato. 1999. Ferrovia Paranaguá-Curitiba. Hamburg Gráfica Editora Ltda., São Paulo, 32 p. (Pedidos: 41 - 264.6163)
Ferreira, Manoel Rodrigues. 1959. A ferrovia do diabo. História de uma estrada de ferro na Amazônia. Ed. Melhoramentos. São Paulo. 344 p.
Figueira, Manuel F. 1908. Memória histórica da EFCB. Imprensa Nacional. Rio de Janeiro.
Figueiredo, José Lima. 1950. A Noroeste do Brasil e a Brasil-Bolívia. José Olympo Ed. Rio de Janeiro.
Fortes, Ariosto Borges. 1962 VFRGS, suas estações e paradas. Porto Alegre.
Fortes, Ariosto Borges. 1963. O parque de tração da VFRGS. RFFSA-VFRGS.
Galvão, Manuel da Cunha. 1869. Notícias sobre as estradas de ferro no Brasil. Ed. Diário do Rio de Janeiro.
Gaspar, Antônio Francisco. 1930. Histórico do início, fundação, construção e inauguração da Estrada de Ferro Sorocabana 1870-1875. Eugênio Cupolo. São Paulo.
Gaspar, Antônio Francisco. 1962. Pequeno histórico da Mayrink a Santos. Sorocaba.
Gonçalves, Telma Lasmar. 1996. Pequeno histórico da Estrada de Ferro Oeste de Minas (EFOM). RFFSA. Rio de Janeiro. 51 p.
Guimarães, Benício. 1987. Os 50 anos da eletreficação dos trens de subúrbio do Rio de Janeiro. CBTU. 72 p.
Guimarães, Benício. 1993. O vapor nas ferrovias do Brasil. Editora Gráfica Jornal da Cidade. Petrópolis.
Guimarães, Benício. 1996. Locomotivas a vapor nas atividades industriais no Brasil. Edição do autor.76 p.
Guimarães, Oscar Teixeira. 1933. Memorial da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil. Ed. Melhoramentos. São Paulo.
Hahmann, Carlheinz & Small, Charles S. 1985.Brazilian steam album. Plus & Minus two footers. Volume I. Railhead Publications. USA. 114 p.
Hahmann, Carlheinz & Small, Charles S. 1985. Brazilian steam album. Up over the hill (Rio - São Paulo). Volume II Railhead Publications. USA. 92 p.
Hahmann, Carlheinz & Small, Charles S. 1990. Brazilian steam album. Out beyond the city (São Paulo). Volume III Railhead Publications. USA. 74 p.
Hahmann, Carlheinz & Small, Charles S. 1990. Brazilian steam album. Volume IV Railhead Publications. USA. 114 p.
Hardman, Francisco Foot. 1988. O trem fantasma: a modernidade na selva. Companhia das Letras. São Paulo.
Harman, Fred; Edmundson, Eddie & Binns, Donald. 1993. South an Central American narrow gauge in Minas; Brazilian "usina" steam 1992/93; EFDTC. Locomotives Internationl, UK. 72 p.
IBGE. 1954. I centenário das ferrovias brasileiras. IBGE. Rio de Janeiro. 414 p.
IBGE. 1956. Ferrovias no Brasil. IBGE. Rio de Janeiro.
Jacob, Chafic. 1982. Ferrovia, o caminho certo. São Paulo.
Jardim, Jerônimo R. Moraes. 1911. Memória: linha férrea e fluvial do Tocantins e Araguaia e a Companhia das Estradas de Ferro Norte do Brasil. Leuzinger Ed. Rio de Janeiro.
Kühl, B.M. 1998. Arquitetura do ferro e arquitetura ferroviária em São Paulo: reflexões sobre a sua preservação. Ateliê Editorial. São Paulo. 436 p.
Kruger, E. 1937. Vencendo rampas. Livraria O Globo. Rio de Janeiro. 197 p.
Lara, José. 1988. Ferrovia pitoresca. RFFSA. Belo Horizonte. 94 p.
Lima, O.A. 1969. Sistema ferroviário brasileiro. Estudo econômico. APEC Editora. 135 p.
Lima, Vasco de Castro. 1934. A Estrada de Ferro Sul de Minas. São Paulo.
Massarani, Emmanuel von Leauestein & Delellis, Rosana. 1999. A era do trem. LF&N. 114 p. (formarte@uol.com.br, 11-210.8691).
Matos, Odilon N. 1990. Café e ferrovias e o desenvolvimento da cultura cafeeira e o desenvolvimento da cultura cafeeira. Editora Pontes. São Paulo. 187 p.
Monteiro-Filho, Jeronymo. 1930. Algumas tendências atuais da via férrea. Typographia do Jornal do Commercio. Rio de Janeiro.
Monteiro-Filho, Jeronymo. 1953. Projeto de Estradas - Ferrovias e rodovias. Edição do Autor. 412 p.
Monteiro-Filho, Jeronymo. 1979. Traçados de estradas (ferrovias). Ed. Borsoi.
Morais, Sergio Santos. 1987. Reconstrução da rotunda de São João del Rei. RFFSA. 64 p.
Morais, Sergio Santos. 1991. Manual de preservação de edificações ferroviárias antigas. RFFSA. 78 p.
Navarro, Lamartine 1999. Estrada de Ferro Sorocabana. Escola de Trabalho. Pareceres e fatos jurídicos. Publishop.656 p.
Netto, Francisco F. 1974. 150 anos de transportes no Brasil. Ministério dos Transportes. Brasília.
Neves, Correia. 1958. História da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil. Tip. Brasil. Bauru.
Ottoni, Cristiano Benedito. 1958. O futuro das estradas de ferro do Brasil. Ed. Papelaria Ribeiro. Rio de Janeiro.
Paiva, Alberto Randolpho. 1922. Legislação ferroviária federal do Brazil. Rio de Janeiro. Ministério de Viação e Obras Públicas.
Passos, Francisco Pereira. 1881. As estradas de Ferro do Brasil em 1879. Rio de Janeiro.
Pérez, Filemón. 1918. Álbum ilustrado da Companhia Paulista de Estradas de Ferro. São Paulo.
Pessoa, Roberto. 1965. Unificação ferroviária no Estado de São Paulo. Suas repercurssões na economia e na segurança nacional. 76 p.
Pessoa, V.A. Paula. 1901. Guia da Estrada de Ferro Central do Brasil. Imprensa Nacional. Rio de Janeiro.
Pessoa-Junior, Cyro Diocleciano Ribeiro. 1886. Estudo descritivo das Estradas de Ferro no Brasil. Imprensa Nacional.
Picanço, Francisco. 1884. Viação férrea no Brasil. Ed. Tipografia e Litografia Machado Cia. Rio de Janeiro.
Picanço, Francisco. 1887. Estradas de Ferro. Vários estudos. Typographia Economica. 300 p. Rio de Janeiro.
Pimenta, Demerval. 1957. Estradas eletreficadas no Brasil. RMV. 84 p.
Pinto, Adolpho Augusto. 1903. História da Viação Pública de S. Paulo. Vanorden. São Paulo.
Pinto, Adolpho Augusto. 1970. Minha vida (memórias de um Engenheiro Paulsita). Conselho Estadual de Cultura. São Paulo.
Queiroz, Paulo Roberto Cimó. 1997. As curvas do trem e os meandros do poder. O nascimento da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil (1904-1908). Editora UFMS. Campo Grande. 164 p.
RFFSA. 1981. Museu Ferroviário de São João del Rey. RFFSA. 56 p.
RFFSA. 1983. Centro de preservação da história ferroviária do Rio de Janeiro. Engenho de Dentro. Cromus Papéis e Artes Gráficas. 96 p.
RFFSA. 1985. 100 anos. 1885-1985 Ferrovia Paranaguá Curitiba. Estrada de Ferro Paranaguá-Curitiba. Uma viagem de 100 anos. Edição Comemorativa do Centenário da Estrada de Ferro do Paraná. RFFSA. Curitiba, 400 p.
RFFSA. 1985. Centro de preservação da história da ferrovia no Rio Grande do Sul. Editora Gráfica Metropole.115 p.
RFFSA. 1985. Uma viagem pelos trilhos da memória. Centenário da Estrada de Ferro do Paraná (eventos comemorativos). Edição RFFSA. Curitiba. 137 p.
RFFSA-ALAF. 1965. As estradas de ferro no Brasil e no mundo. RFFSA.
RFFSA-PRESERFE. 1981. Museu Ferroviário de São João del Rey - 1 Centenário da EFOM - 1881/1981. Cia. Editora Gráfica Barbero. Rio de Janeiro.
RVPSC. 1935. Cincoentenário da Estrada de Ferro do Paraná. Curitiba. Impressora Paranaense. 270 p.
RVPSC-RFFSA. 1965. Oitenta anos de ligação ferroviária. Curitiba.
Saes, Flávio Azevedo Marques. 1981. As ferrovias de São Paulo 1870-1940. Hucitec/INL/MEC. São Paulo. 198 p.
Salviano, Márcio. 1998. Sobre trilhos: subsídios para a história de Ribeirão Vermelho. INDI. 228 p.
Segnini, Liliana R.P. 1982. Ferrovia e ferroviários. Cortez Editora. São Paulo. 104 p.
Schoppa, René Fernandes. 1988. Humor ferroviário. Editora Codpoe. Rio de Janeiro.
Schoopa, Renê Fernandes. 1982. Para onde caminham nossas ferrovias. Rio de Janeiro.
Schnoor, Emílio. 1903. Memória do projecto de Estrada de Ferro a Matto-Grosso e fronteira da Bolívia por São Paulo dos Agudos, Itapura, Miranda e rio Paraguay. Typ. Jornal do Commercio. Rio de Janeiro.
Stiel, Waldemar Corrêa. 1984. História do transporte urbano no Brasil. Editora Pini/EBTU. 536 p.
Stopato, Sérgio. 1987. Via permanente ferroviária: conceitos e aplicações. USP/CBTU.
Tenório, Douglas A. 1942. Ferrovias e capitalismo no Brasil. Ed. Universidade de Minas Gerais. Belo Horizonte.
Thomé, Nilson. 1983. Trem de ferro: a ferrovia no Contestado. Editora Lunardelli. Florianópolis. 204 p.
Trevisan, Edilberto. 1986. Ao apito do trem. Antecedentes e construção da Ferrovia de Paranaguá a Curitiba. Edição RFFSA. 123 p.
Vasconcelos, Max. 1927. Guia da Estrada de Ferro Central do Brasil. Pimenta de Melo & Cia. Rio de Janeiro.
Vasconcelos, Max. 1935. Vias brasileiras de comunicação - A Estrada de Ferro Central do Brasil, linhas do Centro e Ramais. Imprensa Nacional. 428 p.
Vasconcelos, Max. 1935. Vias brasileiras de comunicação - A Estrada de Ferro Central do Brasil, linha Auxiliar. Imprensa Nacional. 216 p.
Vaz, Múcio Jansen. 1922. Estrada de Ferro Oeste de Minas: trabalho histórico descritivo - 1880/1922. Belo Horizonte. 170 p.
Vianna, Helio. 1949. História da viação brasileira. Biblioteca Militar. Edição da Biblioteca do Exército. Rio de Janeiro.
Zumblick, Walter. 1987. Tereza Cristina. A ferrovia do carvão. Editora da UFSC, Florianópolis. 181 p. 




A E. F. Vitória a Minas e suas locomotivas desde 1904  Eduardo Coelho, João Bosco Setti    

Memória do Trem, Rio de Janeiro, Brasil     Volume 1: A história e as locomotivas a vapor, 2000, 160 pgs., il., 28 cm,


A era diesel na Estrada de Ferro Central do Brasil     Eduardo Coelho, João Bosco Setti    

As ferrovias de São Paulo (1870-1940)     Flávio Azevedo M. de Saes     Hucitec / INL / MEC, São Paulo, Brasil, 1981, 198 pgs.      

As ferrovias do Brasil nos cartões-postais e álbuns de lembranças     João Emílio Gerodetti e Carlos Cornejo     Solaris, São Paulo, SP, 2005


Café e Ferrovias, a evolução ferroviaria de São Paulo e o desenvolvimento da cultura cafeeira     Odilon Nogueira de Matos     Editora Pontes, Brasil, 1990


Cento e vinte e sete anos de ferrovia (a história da EFCB)     Eduardo Gonçalves David     AECB, Brasil, 1985

RFFSA, Brasil, 1985.


Curso de Estradas     M. Pacheco de Carvalho     Editora Científica, Brasil, 1966.

Dicionário Inglês - Português da Via Permanente Ferroviária     José Eduardo Saboia Castello Branco     Logos Editora / Flumitrens, Brasil, 1996



Estradas de Ferro Eletrificadas no Brasil     Dermeval Pimenta     RMV, Brasil, 1957


Manual de Engenharia Ferroviária     Attila do Amaral     Editora Globo, Brasil, 1957

Manual de preservação de edificações ferroviárias antigas     Sergio Santos Morais     RFFSA, Brasil, 1991.


Projeto de Estradas - Ferrovias e Rodovias     Jeronymo Monteiro Filho     O autor, Brasil, 1953

Vias Brasileiras de Comunicação - EFCB - Linha Auxiliar     Max Vasconcellos     Imprensa Nacional, Brasil, 1935




Temos condição de conseguir muitos outros títulos sobre o assunto. Diga-nos quais você precisa e lhe daremos a resposta. Temos um vasto acervo sobre essa bibliografia temática. Envio em até 24 horas após a confirmação de pagamento com confirmação via e-mail e número de postagem para acompanhamento da entrega. Toda postagem pode ser rastreada pelo site dos Correios. Todos os pedidos são enviados com seguro. CASO HAJA INTERESSE NESSE LIVRO OU EM NOSSO SERVIÇO, ENVIE UM E-MAIL PARA philolibrorum@yahoo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário