Pesquise neste Blog

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Bertrand Russel A Sociedade Humana na Ética e na Política filosofia moral ateismo laica livre pensador

A SOCIEDADE HUMANA NA ÉTICA E NA POLÍTICA

Por Bertrand Russell - Tradução de Oswaldo de Araujo Souza.

Livro de 1956 em muito bom estado de conservação.

235 páginas. 14 cm x 21 cm.



A Companhia Editora Nacional, firma que sempre norteou suas atividades profissionais no sentido de prestar real contribuição à cultura brasileira, tem agora a honra e a satisfação de presentar aos leitores do Brasil a obra de Bertrand Russell, o maior filósofo de nossos tempos.

Quando se decidiu a lançar os trabalhos desse famoso sábio inglês, a Companhia Editora Nacional o fez por considerá-los marcos fundamentais da cultura contemporânea e por achar que a extraordinária liberdade intelectual de seu autor muito contribuiria para o debate amplo e aberto de tantos problemas que nos afligem e nos deixam perplexos nestes dias tumultuosos em que vivemos.

De fato, raros foram os aspectos sociais, políticos e morais de uma sociedade e uma cultura em
mudança, que escaparam ao estudo objetivo e honesto de Bertrand Russell. O extraordinário brilho de seu pensamento, a graça e a leveza de seu estilo, abrem a nossos olhos e a nosso espírito toda uma gama de questões controvertidas, indicando-nos rumos e soluções, sem qualquer tom professoral, mas através de análises predo-minantemente lógicas, que nos estimulam, nos despertam e nos tranquilizam.

Esta Editora, por conseguinte, tem a certeza de que as obras de Bertrand Russell encontrarão acolhida e respeito em todas as boas bibliotecas brasileiras, tanto públicas como particulares.

------------------



Bertrand Russell nasceu a 18 de maio de 1872, sendo o segundo filho do Visconde Amberley.

Educou-se no Trinity College, em Cambridge, onde demonstrou desde cedo sua extraordinária propensão para as matemáticas e as ciências exatas, certo de que elas constituíam a fonte de todo o progresso humano.

Em 1910, em associação com o Dr. A. N. Whitehead, publicou o primeiro volume de PRINCIPIA MATHEMATICA que lhe granjeou a admiração de todos os grandes vultos da ciência universal.

Com o correr dos anos, Bertrand Russell foi-se dedicando mais e mais aos estudos filosóficos e o
lançamento de seus livros PROBLEMS OF PHILOSOPHY (1911) e OUR KNOWLEDGE OF THE EXTERNAL WORLD (1914) contribuiu para lhe garantir posição de inegável prestígio.


Da família, que sempre exerceu grande influência na política inglesa (seu avô, Lord John Russell,
foi duas vezes Primeiro Ministro), Bertrand Russell herdou acentuado interesse pelos problemas
sociais.

Apoiou o movimento sufra-gista, foi campeão do pacifismo por ocasião da 1.ª Grande Guerra, o que lhe valeu cerrada oposição de muitos círculos.

Viajou por toda a Europa, depois de 1918 e, em 1920, passou algum tempo na União Soviética, o que lhe bastou para escrever obra interessantíssima, PRACTICE AND THEORY OF BOLSHEVISM.

Permaneceu, mais tarde, um ano inteiro na China, onde pronunciou uma série de conferências, reunidas em volume sob o título THE ANALYSIS OF THE MIND (1921).


Entre as duas guerras mundiais foi extremamente prolífica sua produção literária, sobressaindo-se a famosa obra THE CONQUEST OF HAPPINESS (1930). Em 1946, passado o cataclisma do nazi-fascismo,publicou A HISTORY OF WESTERN PHILOSOPHY, que é considerada sua obra prima.

Em 1949 recebeu a valiosa condecoração da ORDEM DO MÉRITO e, em 1950, o famoso PRÉMIO NOBEL.

Publicou o ano passado seu primeiro trabalho de ficção, um livro de contos — SATAN IN THE SUBURBS — o que vem provar quão variegados setores abrange sua extraordinária capacidade.


Trata-se de um grande clássico de caráter universal primordial para a educação. Possui texto de fácil entendimento que estimula o leitor a pensar e refletir sobre o tema proposto.



Pode-se dizer, em tese, que a essência da ética provém da pressão da comunidade sobre o indivíduo. O homem pouco tem de gregário, e nem sempre sente, instintivamente, os desejos comuns a sua grei. Esta, ansiosa para que o indivíduo aja no seu interesse, tem inventado vários artifícios com o fim de harmonizar os interesses individuais com os seus próprios. Um destes é o governo, outro é a lei e o costume, e o outro é a moral.

A moral torna-se uma força eficiente de duas maneiras: primeiro, através do louvor e da censura dos que o cercam e das autoridades; e segundo, através do autolouvor e da autocensura, os quais são chamados de “consciência”.

Por meio destas várias forças — governo, lei, moral — o interesse da comunidade se faz sentir sobre o indivíduo. [...] Chego agora a meu último problema, que se relaciona com os direitos do indivíduo, em contraposição aos da sociedade.

A ética, nós o dissemos, é parte de uma tentativa para tornar o homem mais gregário do que a natureza o fez. As pressões que a moral exerce sobre o indivíduo são, pode-se dizer, devidas ao gregarismo apenas parcial da espécie humana. Mas isto é uma meia verdade. Muitas de suas melhores cousas vêm do fato de não ser ela completamente gregária.

O homem tem seu valor intrínseco, e os melhores indivíduos fazem contribuições para o bem geral que não são solicitadas e que, muitas vezes, chegam a sofrer reação por parte do resto da comunidade.

É, pois, uma parte essencial da busca do bem geral, o permitir aos indivíduos liberdades que não sejam, evidentemente, maléficas aos outros. É isto que dá origem ao permanente conflito entre a liberdade e a autoridade, e estabelece limites ao princípio de que a autoridade é a fonte da virtude.



Temos condição de conseguir muitos outros títulos sobre o assunto.

Diga-nos quais você precisa e lhe daremos a resposta.

Temos um vasto acervo sobre essa bibliografia temática.

Envio em até 24 horas após a confirmação de pagamento com confirmação via e-mail e número de postagem para acompanhamento da entrega.

Toda postagem pode ser rastreada pelo site dos Correios.

Todos os pedidos são enviados com seguro.

CASO HAJA INTERESSE NESSE LIVRO OU EM NOSSO SERVIÇO, ENVIE UM E-MAIL PARA

philolibrorum@yahoo.com.br


Esta Página visa contribuir, com a localização de livros escassos, aos estudiosos das diversas ciências e áreas de estudo ou mesmo hobbies. Sobretudo as publicações já fora de comércio, antigas, esgotadas. Vendemos via Mercadolivre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário