Pesquise neste Blog

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

História do Tribunal de Justiça da Paraíba Deusdedit Leitão A UNIÃO Cia. 1980 Livro em bom estado de conservação, brochura com capa original.



História do Tribunal de Justiça da Paraíba

Deusdedit Leitão

A UNIÃO Cia.

1980

Livro em bom estado de conservação, capa brochura, escasso, não perca, saiba mais ....

Prefácio de Arthur Virginio de Moura, Pres. do TJ-PB.

Introdução de Sinval Fernandes.

Primeira ediçaõ deste clássico estudo historiografo do renomado Tribunal bem como de toda a vida social do Estado da Paraíba através de seus maiores exemplos....


Criado a 30 de setembro de 1891, pelo Decreto nº. 69, o Superior Tribunal de Justiça, pelo mesmo decreto foi designado o dia 15 de outubro daquele ano para sua instalação. A 9 de outubro, o Governador Venâncio Neiva nomeava os Desembargadores e demais integrantes da Magistratura paraibana. Para o Superior Tribunal de Justiça foram nomeados os bacharéis Manoel da Fonseca Xavier de Andrade, Juiz de Direito de Santa Rita; Augusto Carlos de Amorim Garcia, que fora Juiz de Direito de Bananeiras, e ocupava, interinamente, o cargo de Diretor da Instrução Pública; Francisco de Gouveia Cunha Barreto, Juiz de Direito do Pilar, no exercício da comissão de Chefe de Polícia; Amaro Gomes Carneiro Beltrão, Juiz de Direito de Guarabira; e Vicente Saraiva de Carvalho Neiva, Juiz de Direito de Vitória, Espírito Santo.

No dia seguinte, o Governador completava os quadros burocráticos do Tribunal, com as nomeações do professor Francisco Xavier Júnior para a Secretaria, de Aureliano Filgueiras para os cargos de amanuense e arquivista, e de José Maria de Carvalho Serrano como porteiro e contínuo.

Repercussão na Impressa

Em sua edição de 15 de outubro de 1891, o jornal governista Estado do Parahyba, órgão do Partido Republicano, justificava o contentamento do povo paraibano pela criação do Tribunal, com oportunas observações sobre o significado do evento. A transcrição desse documento se impõe pelo valor subsidiário de que se reveste para a história do Judiciário paraibano: "Um dos mais importantes benefícios trazidos pelo atual sistema de governo é a criação em cada Estado de um Tribunal de Justiça de Segunda Instância. É de simples intuição a vantagem que, para as nossas relações públicas e privadas, decorre dessa instituição judiciária, que vem cercar de mais prontas garantias os interesses dos membros da sociedade.

As importantes atribuições conferidas pela nossa organização judiciária a esse superior tribunal, em virtude da qual compete-lhe, além de outras que lhe são privativas, julgar em segunda e última instância as sentenças e despachos proferidos pelos juízes de Direito, constituem a mais plena garantia aos direitos dos cidadãos...




-------------


Deusdedit Leitão

Deusdedit de Vasconcelos Leitão nasceu na cidade de Cajazeiras, Estado da Paraíba, em 07 de maio de 1921.

Era filho de Eliziário Gomes Leitão e D. Maria Madalena de Vasconcelos Leitão. Casou-se na cidade de Patos, com D. Maria José César de Vasconcelos Leitão, com quem gerou oito filhos: Rui, Rita de Cássia, Maria de Fátima, Elza Helena, Nísia Magda, Eliziário, Wilson e Wilton.

O historiador estudou em escolas primárias nas cidades de Boqueirão de Parelhas, no Rio Grande do Norte; Floriano Peixoto e Missão Velha, no Ceará. Em Cajazeiras, estudou no Colégio Pe. Rolim e no Instituto São Luiz. Não tem formação acadêmica, o que não o impediu de exercer as mais variadas funções ligadas à Educação e à Cultura do seu Estado.

Em 1939, aos 18 anos, ingressou no serviço público como funcionário do Departamento de Classificação e Produtos Agropecuários; em seguida, assumiu a direção do Museu da Imagem e do Som, da UFPB; foi Secretário Geral do Conselho Estadual de Educação, Secretário da Comissão Central do Concurso de Habilitação da UFPB.; Secretário interino das Pastas da Educação e Cultura e das Finanças do Governo da Paraíba; Subchefe e Secretário-chefe do Gabinete Civil do Governador Ivan Bichara e Membro do Conselho Estadual de Cultura.

Tam bém foi professor de História , na antiga Escola Normal São José, em Souza; lecionando, também, na Escola Técnica Monsenhor Constantino Vieira e no Seminário Nossa Senhora da Assunção, em Cajazeiras. É jornalista, escritor, pesquisador e historiador. Foicorrespondente de O Norte e Correio da Paraíba, de João Pessoa; do Diário da Borborema, de Campina Grande e do Diário de Pernambuco, do Recife. Em Antenor Navarro, cidade do sertão paraibano, fundou o primeiro jornal que circulou na região, intitulado A Sombra, e em Souza, fundou Letras do Sertão. É membro efetivo do Instituto Histórico e Geográfico Paraibano, do Instituto Paraibano de Genealogia e Heráldica.

Ingressou na Academia Paraibana de Letras em 07 de dezembro de 1978, saudado pelo acadêmico Humberto Nóbrega, ocupando a cadeira de número 16. Escreveu e publicou: Mossoró e o sertão paraibano; A família Sá no município de Souza (genealogia); Presença da Paraíba na bibliografia de Coriolano de Medeiros; Brejo do Cruz; Santa Luzia-aspectos históricos; Bacharéis paraibanos pela Faculdade de Olinda.1832-1853; História do Tribunal de Justiça da Paraíba; Os Gomes Leitão-Ramos de Lavras, Crato e Cajazeiras; São José de Piranhas-notas para a sua história; O ensino público na Paraíba-síntese histórica da Secretaria de Educação; Cadeira número dezessete- discurso de posse na APL; Vingt-Un e a história municipal, Coleção Mossoroense, 1990; A FundaçãoGuimarães Duque e a bibliografia do semi-árido, 1982; Inventário do tempo-memórias, 2000.





Trata-se de um grande clássico de caráter universal primordial para a educação. Possui texto de fácil entendimento que estimula o leitor a pensar e refletir sobre o tema proposto.

Temos condição de conseguir muitos outros títulos sobre o assunto.

Diga-nos quais você precisa e lhe daremos a resposta.

Temos um vasto acervo sobre essa bibliografia temática.

Envio em até 24 horas após a confirmação de pagamento com confirmação via e-mail e número de postagem para acompanhamento da entrega.

Toda postagem pode ser rastreada pelo site dos Correios.

Todos os pedidos são enviados com seguro.

CASO HAJA INTERESSE NESSE LIVRO OU EM NOSSO SERVIÇO, ENVIE UM E-MAIL PARA

philolibrorum@yahoo.com.br


Esta Página visa contribuir, com a localização de livros escassos, aos estudiosos das diversas ciências e áreas de estudo ou mesmo hobbies. Sobretudo as publicações já fora de comércio, antigas, esgotadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário